Aplicativo Uber chegará a São Paulo em breve, diz executivo

Foto: Reprodução

O Uber, aplicativo de transporte urbano, deve chegar em breve a São Paulo, segundo Solamon Cruz Estin, membro da equipe de expansão do Uber na América Latina. “O lançamento (na cidade) é iminente”, disse o executivo em entrevista ao Terra.

Para quem não conhece o Uber, a startup foi fundada em 2010. Investidores chegaram a avaliar a empresa em US$ 17 bilhões. Ele funciona como um aplicativo de chamada de táxi. Pelo GPS do smartphone, o app conecta a pessoa a um motorista mais próximo. A experiência, porém, é mais sofisticada do que a de uma corrida de táxi. Segundo a empresa, os carros são padronizados e somente são aceitos modelos de 2010 em diante, os motoristas são treinados para garantirem uma qualidade de serviço, e a corrida é paga diretamente pelo aplicativo com cartão de crédito.

A startup não possui os carros, somente contrata os serviços de terceiros. Durante um encontro com jornalistas na sede do Uber, em São Francisco (Califórnia), a empresa divulgou que gera 20 mil empregos por mês nos 37 países onde está presente.

No Brasil, o Uber foi lançado oficialmente em junho, no Rio de Janeiro. A linha de carros disponíveis, chamada de Uber Black, inclui modelos como Ford Fusion, Corolla da Toyota e Azera da Hyundai. O preço da corrida também é premium: R$ 5,40 como tarifa de base e R$ 2,76 por quilômetro rodado. Em comparação, a bandeirada de táxi em São Paulo sai por R$ 4,10 e o quilômetro rodado, R$ 2,50.

“O serviço é superior ao táxi de rua em todos os sentidos. Primeiro de tudo, estamos trabalhando com motoristas executivos focados em detalhes e necessidades do cliente e veículos que têm um padrão de qualidade”, disse Estin. “Em segundo lugar, é uma solução orientada pela tecnologia muito mais conveniente, você pode pedir um carro apenas apertando um botão”, completou.

O Uber não divulga números de usuários locais, até porque o lançamento é bastante recente. “Tem sido uma experiência ótima até o momento, com uma primeira adoção de usuários muito positiva e notavelmente alta”, disse o executivo. Ainda de acordo com ele, o Brasil possui muitas oportunidades de crescimento para a startup em longo prazo.

Para incentivar novos usuários, a companhia lançou a campanha #UberMaravilhosa. As duas primeiras corridas acima de R$ 45 saem de graça. Para isso, é preciso que o usuário digite o código UberMaravilhosa ao se cadastrar no aplicativo.

Esse tipo de ação é comum para a empresa. Frequentemente, ela utiliza as redes sociais para engajar os consumidores e aumentar o uso do app. Como exemplo, a startup realizou a #OMGUbericecream em sete cidades, que permitia aos usuários chamarem um caminhão de sorvetes. A ação gerou 38 mil pedidos.

Uber x Táxis
Recentemente, companhias de táxi na Europa protestaram contra o Uber e aplicativos similares, exigindo que as empresas de tecnologia cumpram os mesmos regulamentos impostos aos taxistas.

Em contrapartida, o Uber não deve ceder. “Estamos muito focados em deixar que as pessoas tenham uma boa opção, viável e confortável de transporte urbano e vamos continuar a desempenhar essa visão”, disse Solamon Estin. “Acho que em qualquer lugar do mundo onde existe uma inovação profunda em um mercado que está sendo muito antiquado – e que precisa de mudança -, vai haver uma resistência”, declarou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s