Mensagens, Siri e Health: veja principais mudanças do iOS 8

Como era esperado, a Apple anunciou o novo sistema operacional para iPhone, iPad e iPod Touch, o iOS 8. No geral, o software não terá mudanças drásticas, mas algumas melhorias importantes para os usuários.

A primeira delas, anunciada pelo vice-presidente de Engenharia de Software da Apple, Craig Federighi, são as notificações interativas. A partir do segundo semestre, quando o sistema for lançado para os consumidores, será possível responder mensagens na tela bloqueada do iPhone ou com outro aplicativo em uso.

Mensagens
O aplicativo de mensagens – um dos mais utilizados em iOS, segundo Federighi – vai ter funções similares a de aplicativos como o WhatsApp. Ele vai suportar mensagens de áudio e vídeos e terá atalhos para facilitar esse tipo de comunicação. Para gravar uma mensagem, basta tocar no ícone de microfone no aplicativo. Ao receber uma mensagem de áudio, o usuário poderá escutá-la apenas direcionado o iPhone próximo ao ouvido. Da mesma forma, depois de gravar um recado, a mensagem é enviada automaticamente quando a pessoa abaixa o celular.

Conversas em grupos também poderão ser feitas. A pessoa terá controle de qual grupo quer participar, poderá compartilhar sua localização com os outros membros e manter as conversas no modo “não perturbe” para evitar o toque do celular a cada minuto.

Siri
A assistente virtual da Apple, Siri, terá uma funcionalidade importante: ela será ativada apenas com o comando de voz “Hey, Siri”, sem a necessidade de apertar nenhum botão. Vale lembrar que o Google já lançou essa funcionalidade em seu Moto X no ano passado.

O CEO da Apple Tim Cook inicia a apresentação do novo iOS 8

Foto: AP

A Siri também vai identificar músicas a partir da base de dados do aplicativo Shazam, além de ganhar suporte para 22 novos idiomas. No entanto, a empresa ainda não divulgou a lista de línguas. Atualmente, o português não está incluso na Siri.

HealthKit e HomeKit
Entre os rumores anteriores ao evento, já se falava em um aplicativo de saúde embutido no iOS. A Apple revelou o Health, que vai juntar informações de diversos aplicativos de saúde e fitness para dar uma visão geral ao usuário. Os apps da Nike, por exemplo, poderão ser sincronizados com o Health.

Apesar de atrasada em relação a outros concorrentes, um uso interessante para o Health seria a comunicação com aplicativos de hospitais. Com isso, o usuário poderia enviar seus dados e medições e ter um retorno do médico via aplicativo.

Outro rumor que foi confirmado pela empresa é o uso do iPhone para a automação de casas. Aplicativos no smartphone poderão controlar fechaduras, alarmes e câmeras de segurança, termostatos, entre outros. Isso também terá uma integração com a Siri, ou seja, desenvolvedores poderão criar apps que façam esse controle apenas pelo comando de voz.

Teclado
O teclado do iOS 8 terá uma tecnologia chamada “Quick Type”, que, segundo a empresa, será mais inteligente. Ele vai suportar português do Brasil, portanto poderá fazer sugestões de palavras para tornar a digitação mais rápida. De acordo com a Apple, ele vai aprender o estilo de cada usuário e sugerir termos baseado nos tipos de conversa de cada contato.

E-mail
No iPad e iPhone, o e-mail vai ganhar uma função básica, mas importante. Ao deslizar o dedo para a direita na mensagem, será possível marcar um e-mail para ler depois, como um lembrete. E, para a esquerda, atalhos para deletar e incluir marcadores na mensagem.

Compartilhamento com a família
As famílias que usam dispositivos da marca poderão compartilhar fotos, calendários e lembretes de forma mais fácil. Para os pais, será possível localizar os dispositivos dos filhos. A família também vai poder dividir todos os aplicativos, músicas, livros e filmes comprados. Isso vale para até seis membros que dividem o mesmo cartão de crédito. Para evitar que compras indesejadas sejam feitas pelas crianças – e que a Apple sofra processos do tipo – os pais recebem uma mensagem pedindo permissão toda vez que o filho tentar fazer uma compra.

Fotos
As fotos salvas nos dispositivos poderão ser encontradas com um novo sistema de busca, que procura as imagens por local, data ou nome do álbum. Uma nova ferramenta de edição de fotos também foi apresentada, e uma solução similar será apresentada para Mac no início do ano que vem.

Os planos do iCloud terão alterações nos preços. O de 5 GB é de graça, o de 20 GB será US$ 0,99 por mês, e o de 200 GB, US$ 3,99 mensal.

Touch ID
Para quem usa o iPhone 5S, o leitor de impressão digital vai deixar de funcionar apenas para o bloqueio do aparelho e estará disponível em outros apps. Isso significa que, se um aplicativo terceiro suportar a novidade, o acesso a ele poderá ser restrito ao dono da impressão digital. O recurso já existe no Samsung Galaxy S5, e um dos parceiros da fabricante sul-coreana é o PayPal.

AppStore
Novas funções serão adicionadas à loja de aplicativos da Apple, como buscas relacionadas e apps que são tendência. Duas novidades poderão ser bastante úteis para os consumidores: o preview de apps, para que eles testem uma aplicação antes de baixá-la e o pacote de apps, que permite baixar diversos aplicativos de uma mesma empresa de uma vez e em promoções.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s