Falha expôs dados de clientes em lojas online no Brasil

Magazine Luiza, Consórcio Luiza, Universidade Anhanguera e a loja brasileira da FIFA admitiram as falhas e as classificaram como exceções

Foto: Reuters

Falhas na segurança dos sites Magazine Luiza, Consórcio Luiza, Universidade Anhanguera e na loja brasileira da FIFA deixaram expostas informações pessoais tais como dados bancários, endereços e documentos durante meses. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, o analista de segurança Carlos Eduardo Santiago revelou os problemas às empresas entre agosto e setembro do ano passado, mas apenas obteve resposta da instituição de ensino.

O analista alertou ao jornal sobre os problemas de segurança dos sites na última semana. As informações dos clientes do Consórcio Luiza podiam ser acessadas – ao efetuar uma alteração de número na barra de endereço – e ter acesso ao contrato de financiamento com todos os dados do requerente. A loja online da FIFA no Brasil (gerenciada pela B2W) deixou vulnerável os dados de compradores como nome, e-mail e endereço. Já o site da Anhanguera expôs dados de alunos e professores e também permitia a alteração de seus cadastros.

As três empresas admitiram as falhas e as classificaram como exceções. Magazine Luiza, Consórcio Luiza e FIFA informaram ao jornal que os erros foram corrigidos. A Universidade Anhanguera disse que resolveria todos os problemas até sábado pela manhã.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s