Curiosidade do Dia

Por que sentimos mais fome no inverno?

O organismo usa sistemas reguladores para equilibrar o calor que o corpo produz e o que ele perde.

No inverno, quando a temperatura é baixa, o organismo precisa agir rápido porque o ar frio faz o corpo perder mais calor.

A fome ataca porque a alimentação serve para repor calor em forma da energia vinda dos nutrientes.

Agenda da Semana: A Lenda de Korra, Muppets 2 e Jersey Boys

Também tem as novidades em Blu-ray!

Omelete


No Agenda Omelete dessa semana temos Jersey Boys: Em Busca da Música, O Último Amor de Mr. Morgan, Paixão Inocente, Uma Juíza sem Juízo e Os Muppets 2: Procurados e Amados. As séries tema volta de A Lenda de Korra e a nova série do Damon Lindelof, The Leftovers. Saiba também os melhores Blu-rays que estão chegando às lojas.

Inchaço? Site lista 7 dicas para combater o problema

Foto: Getty Images

O inchaço teima em atrapalhar seu sonho de ter uma barriga lisa? O site Female First ensinou como combater o incômodo em sete dias e deixou claro que as dicas podem e devem ser incorporadas ao dia a dia para se manter bem sempre. Veja a seguir.

Suco detox: veja receitas das famosas

Dia 1: comece a apostar em probióticos
Estudos têm demonstrado que os probióticos ajudam a reequilibrar a flora intestinal e os movimentos intestinais saudáveis, além de apoiar a digestão eficiente de alimentos. O inchaço é muitas vezes devido a um desequilíbrio da microflora intestinal, quando bactérias e leveduras fermentam alimentos não-digeridos, produzindo gases. Já as bactérias benéficas, as bifidobactérias (probióticas), em particular, não produzem muito gás.

Dia 2: apoie a função digestiva
Aposte em um pouco de vinagre de maçã antes de cada refeição, mastigue bem os alimentos e faça as refeições em um ambiente descontraído. Tente preparar alimentos frescos.

Dia 3: reduza açúcar e carboidratos refinados
Esses itens podem levar a mais produção de gás pelas bactérias. Portanto, evite produtos processados, como massas brancas, pães e produtos de panificação (bolos, biscoitos).

Dia 4: comece a comer mais fibras
Consuma porções variadas de legumes e verduras todos os dias para manter os movimentos intestinais regulares. O acúmulo de resíduos no cólon pode certamente causar inchaço.

Dia 5: tente beber caldo de ossos caseiro ou incluí-lo em sopas e ensopados
A iguaria (feita ao ferver ossos de animais saudáveis com vegetais, ervas e especiarias) é rica no aminoácido glutamina, essencial para alimentar as células que revestem o intestino, onde a digestão final dos alimentos e a absorção ocorrem.

Dia 6: deixe legumes de molho
Deixar os legumes de molho durante a noite vai aliviar a digestão se esses alimentos lhe causam inchaço.

Dia 7: relaxe
O estresse pode reduzir os níveis de bactérias benéficas no intestino. Inclua alguma forma de relaxamento na rotina diária, como ler livros, praticar ioga, meditar.

Cãozinho fica com a cabeça entalada em roda de carro nos EUA

Um cãozinho ficou com a cabeça entalada em uma roda de carro e foi salvo por bombeiros do condado de Kern, no estado da Califórnia (EUA).

Cãozinho ficou com a cabeça entalada em roda de carro (Foto: James C. Dowell/AP)
Cãozinho ficou com a cabeça entalada em roda de carro nos EUA (Foto: James C. Dowell/AP)

O incidente ocorreu na última sexta-feira (20). Segundo o porta-voz do Corpo de Bombeiros do condado, os socorristas usaram óleo vegetal para retirar a cabeça do cão do buraco.

Apesar do susto, o cachorrinho chamado Junior não se machucou.

Apesar do susto, o cachorrinho chamado 'Junior' não ficou machucado. (Foto: James C. Dowell/AP)
Apesar do susto, o cachorrinho chamado Junior não ficou machucado (Foto: James C. Dowell/AP)

Alta probabilidade de repetição do fenômeno meteorológico El Niño

A probabilidade de que volte a acontecer este ano o fenômeno El Niño, caracterizado por temperaturas acima do normal no Oceano Pacífico, chega a 80%, advertiu a Organização Meteorológica Mundial (OMM).

“Existe 60% de probabilidade de que entre junho e agosto se instale plenamente um episódio do El Niño. E esta probabilidade será de entre 75 e 80% para o período de outubro a dezembro”, anunciou a organização, vinculada à ONU.

“Muitos governos já começaram a preparar-se para a chegada do El Niño, que será muito provavelmente de intensidade moderada”, afirma a OMM.

El Niño é um fenômeno natural, que acontece a cada período de dois a sete anos, e “tem grande influência no clima mundial”. O último episódio aconteceu em 2009/2010.

A OMM destaca que recentemente as águas do Pacífico tropical registraram um aumento da temperatura, que atingiu o limite mínimo do El Niño e que “continuará aumentando durante os próximos meses” para alcançar “a máxima durante o último trimestre de 2014”.

“As previsões dos modelos e as opiniões dos especialistas coincidem que o fenômeno ganhará máxima intensidade durante o quarto trimestre e persistirá durante os primeiros meses de 2015 para depois dissipar-se”, afirma a OMM.

Relógio, TV e Auto: Google anuncia “pacotão” de novidades

O vice-presidente para Android, Chrome e Apps do Google, Sundar Pichai, mostrou os desenvolvedores brasileiros que estavam acompanhando o evento por streaming ao vivo

Começou a conferência de desenvolvedores do Google em São Francisco, Estados Unidos, e com ela, veio uma enxurrada de novidades da empresa, como uma prévia do próximo Android e o sistema Android Wear para smart watches. Confira abaixo as principais novidades anunciadas durante a abertura do Google I/O.

Android One
Depois de ter anunciado que o sistema operacional Android atingiu a marca de 1 bilhão de usuários ativos por mês, o vice-presidente para Android, Chrome e aplicativos do Google, Sundar Pichai, disse que a gigante da internet quer atingir “as outras 5 bilhões de pessoas no mundo”.

Para isso, a companhia lançou o programa Android One, que, em parceria com fabricantes de hardware, vai levar smartphones para mercados emergentes. Primeiramente, smartphones da Micromax, Karboon e Spice serão lançados na Índia. Os celulares terão especificações básicas, como dois chips, tela de 4.5 polegadas e rádio FM.

Android L
O próximo Android depois do KitKat é por enquanto chamado de “L” (a empresa os classifica em ordem alfabética). A companhia está focando em uma aparência totalmente redesenhada para o sistema, e pela demonstração, ficou claro que o Android terá um visual mais sofisticado, com mais profundidade, além de cores e animações mais elegantes. A ideia é que com a nova linguagem de design, batizada de “Material Design”, os desenvolvedores criem aplicativos com um visual unificado para qualquer dispositivo, similar ao que a Apple faz.

Outra novidade é que a versão terá suporte a processadores de 64 bits, como o Apple A7 usado no iPhone 5S. Isso vai permitir que o sistema suporte aparelhos mais poderosos. O Google também anunciou o Project Volta, que inclui melhorias para uma maior duração da bateria, incluindo um modo de economia que promete estender o uso do celular por mais 90 minutos.

O Android L também terá um desempenho melhor, reforços na segurança contra malwares e um recurso inteligente para desbloquear o celular. O smartphone poderá ser desbloqueado sem senhas ou pins quando reconhecer que está em um ambiente seguro, “sentindo” que um smart watch está por perto ou que está conectado à rede Wi-Fi de casa. Caso isso não ocorra, ele mostra uma tela para digitar uma senha.

Android Wear
Em março, o Google já havia liberado uma prévia do kit de desenvolvimento de aplicativos para smart watches com o Android Wear, sistema operacional específico para os gadgets vestíveis. Agora, o kit foi liberado completamente e dois modelos de relógio com o novo sistema foram lançados na Google Play: o LG G Watch e o Samsung Gear Live.

O Google I/O acontece no Moscone Center em São Francisco, Califórnia (EUA)

Foto: AP

Com o Android Wear, os smart watches serão capazes de mostrar e vibrar quando houver notificações, tocar músicas, sincronizar aplicativos entre o relógio e o celular, medir batimentos cardíacos e contar passos, entre outras funções. Pelo Google Now, também será possível utilizar comandos de voz para acionar diversos aplicativos, desde alarmes até para pedir comida para entrega.

Android Auto
Em resposta ao CarPlay da Apple, o Google lançou o Android Auto, sistema operacional que leva funções do smartphone para o carro. Pelo comando de voz do Google Now, o usuário consegue interagir com o software para usar a navegação em mapas, enviar mensagens e trocar de faixa musical, por exemplo.

Segundo a empresa, os primeiros carros com o software serão lançados até o final de 2014. Ao todo, 25 montadoras vão utilizar o Android Auto, como Volvo, Chevrolet, Audi, Honda, Hyundai e Volkswagen. Aplicativos de terceiros também vão funcionar no sistema com comando de voz, como Spotify e Pandora.

Android TV
Outro novo sistema operacional do Google foi lançado, mas para as TVs. O software Android TV será usado em Smart TVs de fabricantes como Sony, Sharp, Philips e TPVision. Com a novidade, será possível assistir a filmes, programas e jogar games controlando a televisão pelo smartphone ou tablet. O sistema também suporta o Chromecast, portanto, o conteúdo de dispositivos móveis poderá ser transmitido para a TV.

Chromecast
O Chromecast, aparelho similar a um pen drive que transmite o conteúdo de dispositivos móveis para a TV, também ganhou novidades. Agora, ele vai permitir que um gadget se conecte à TV mesmo que não esteja conectado à mesma rede Wi-Fi.

A função “Cast Screen” vai deixar que a tela do smartphone ou tablet seja espelhada na TV e a “Backdrop” vai fazer com que a televisão rode imagens do Google+, do Google Maps, além de notícias e previsão do tempo.

Android Fit
A Apple apresentou o Health no início do mês, e o Google anunciou o Google Fit. Trata-se de uma interface de programação para que os desenvolvedores sincronizem dados de saúde e fitness entre dispositivos vestíveis e smartphones. Com isso, o usuário pode ter uma visão completa de todos os seus dados, como batimentos cardíacos, passos contados, dieta, entre outros.

A plataforma estará disponível aos desenvolvedores em algumas semanas e a empresa já anunciou parcerias com diversas marcas como Nike e Adidas.

Chromebook
A intenção do Google é tornar unificada a experiência entre Android e Chrome OS, o software que roda nos laptops Chromebook. Segundo Sundar Pichai, o objetivo é trazer os aplicativos Android para o notebook. Durante o evento, ele demonstrou alguns apps que ganharam versões para o Chrome OS com uma aparência muito similar ao que o Android oferece. São eles o Evernote, o Vine e o Flipboard.

As notificações do Google Now, chamadas e mensagens recebidas no celular também vão aparecer no computador. Quando a bateria do smartphone estiver acabando, um aviso também será mostrado no laptop. No entanto, ainda não será possível fazer ligações ou enviar SMS pelo computador, como a Apple anunciou no seu novo OS X Yosemite.