Pesquisa: dois dias fora do Facebook é ruim para autoestima

Publicada no jornal Influence Social, a pesquisa ainda continua com acompanhamento dos cientistas da universidade australiana, para examinar os efeitos de serem vistos

Foto: Reprodução

Solidão e falta de autoestima são os resultados de ficar dois dias sem acessar o Facebook, aponta uma pesquisa da Universidade de Queenland, na Austrália. O projeto realizado pela cientista Stephanie Tobin e revela os efeitos sociais nas pessoas quando elas estão desconectadas da rede de Mark Zuckerberg

O estudo foi dividido em duas partes. Na primeira foram recrutados usuários que postam frequentemente online. Metade dos entrevistados ficou postando normalmente, enquanto a outra parte apenas observou, à espreita. Já na outra parte do estudo, os estudados foram unidos e usaram contas criadas pelos pesquisadores e foram encorajados a postar e comentar em outros perfis do Facebook.

Cerca de 50% dos participantes tiveram respostas em seus posts. A parte que não postou foi esquecida no Facebook. A análise mostrou que àqueles que ficaram no ostracismo e os que ficaram sem interagir apresentaram níveis baixos de autoestima e solidão. O resultado da pesquisa foi feito por meio de questões aplicadas aos participantes.

Publicada no jornal Influence Social, o estudo ainda continua com acompanhamento dos cientistas da universidade australiana para examinar os efeitos dos usuários serem “vistos”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s