Del Nero é eleito presidente da CBF para “dar continuidade”

A chapa “Continuidade Administrativa”, única inscrita nas eleições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), foi confirmada a vencedora de um pleito de cartas marcadas nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro. Assim, Marco Polo Del Nero será o presidente da entidade que comanda o futebol brasileiro a partir de abril de 2015, quando José Maria Marin se despede do mandato.

Sem oposição e com o apoio de federações e clubes alinhados com antecedência, o colégio eleitoral votou em peso em Del Nero: 46 votos a favor e dois em branco, além de uma abstenção. Têm direito a voto as 27 federações estaduais e os 20 clubes da Série A do Brasileiro. O voto é secreto.

Como o próprio nome da chapa já diz, o discurso oficial de Del Nero foi de “dar continuidade” à gestão de Marin, que se iniciou em março de 2012, quando o então presidente Ricardo Teixeira renunciou em meio a denúncias de corrupção.

Marin, aliás, seguirá na alta diretoria da CBF, já que é o vice-presidente da região Sudeste na chapa de Del Nero. As eleições foram antecipadas para antes da Copa do Mundo de 2014 ainda na gestão de Teixeira, em uma manobra para evitar “influência” do resultado da competição na escolha do novo mandatário da CBF.

A oposição, que tinha o presidente da federação gaúcha Francisco Noveletto e o ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez como principais expoentes, foi esmagada pela articulação política de Marin e seus aliados. O movimento, que em nenhum momento ganhou corpo, esteve longe de conseguir o apoio de seis clubes e oito federações, o mínimo para inscrição de uma chapa.

A eleição de Del Nero também abre caminho para que seu vice na Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, assuma a presidência da entidade estadual no ano que vem.

Figueirense não vota

A eleição foi marcada também pela presença do Icasa, que na última terça-feira conseguiu uma liminar que colocou o clube na Série A do Brasileiro por causa da escalação supostamente irregular de Luan pelo Figueirense. O presidente do clube cearense, Francisco Paz de Lira, ganhou direito de voto e ajudou a eleger Marco Polo Del Nero. O Figueirense perdeu o direito de voto, mas diz ter certeza que estreará no Brasileiro Série A no próximo sábado. A CBF diz ter confiança que vai derrubar a liminar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s