Levantar peso na academia pode aumentar risco de glaucoma

Embora o glaucoma tenha ligação genética, muitas pessoas desconhecem a presença da doença e podem estar apostando em hobbies que aumentem a pressão nos olhos Foto: Getty Images
Embora o glaucoma tenha ligação genética, muitas pessoas desconhecem a presença da doença e podem estar apostando em hobbies que aumentem a pressão nos olhos
Foto: Getty Images

​Milhares de pessoas sem o diagnóstico de glaucoma podem se expor ao risco da cegueira se usarem instrumentos de sopro ou pesos na academia, de acordo com principais especialistas da área da visão. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

 

A falta de um programa de acompanhamento da doença no Reino Unido significa que mais de 600 mil pessoas que apresentam a condição não conheçam o risco que estão correndo, indica o professor Dan Reinsten, que é cirurgião na London Vision Clinic.

 

Embora o glaucoma tenha ligação genética, muitas pessoas desconhecem a presença da doença e podem estar apostando em hobbies que aumentem a pressão nos olhos.

 

 

O glaucoma ocorre quando o líquido dos olhos não é drenado adequadamente. A região frontal do olho fica cheia de um líquido fluido, chamado aquoso. Ele constantemente circula pelo olho e volta para a corrente sanguínea fazendo constante pressão, e ajuda a garantir a entrega dos nutrientes.

 

No entanto, em pessoas com glaucoma este líquido não escoa corretamente através de uma pequena área chamada de malha trabecular. Em vez disso, ao longo do tempo, por razões não totalmente compreendidas, essa rede de tubos de drenagem fica entupida.

 

O líquido se acumula, colocando pressão sobre o nervo óptico. Isso causa a morte das fibras nervosas,  levando à perda de visão.

 

O processo é indolor – e superficial, já que os olhos não parecem diferentes – por isso não há como notar diferenças sem um exame mais profundo.

 

O risco é quando os sintomas – como o estreitamento do campo de visão – não aparecem, pois não ficam manchados até danificarem o nervo ótico.

 

Nessa altura, alguns pacientes podem piorar a condição a partir de atividades que aumentem a pressão no olho.

 

Continuar com estes hábitos pode piorar a condição, iniciando o processo de deteriorizaçaõ do nervo ótico, que se torna mais vulnerável.

 

Músicos que tocam instrumentos de sopro demandam alto controle da respiração estão sob maior risco, de acordo com pesquisa publicada no jornal Optometry and Vision Science em 2008. Contrair as veias do peito, pescoço e cabeça, segurando a respiração, também aumenta a pressão no olho.

 

Diversos outros estudos já associaram o levantamento de peso e o hábito de tocar instrumentos de sopro à pressão no olho. Uma pesquisa feita ao longo de 20 anos no

 

Manhattan Eye, Ear and Throat Hospital mostrou que o ato de soprar durante a atividade de supine aumenta a compressão do nervo óptico, especialmente se você prender a respiração.

 

Outras atividade, como bungee jumping, podem agravar a condição. O risco é maior se estas atividades são praticadas por períodos longos.

 

Robert Ritchm professor de oftalmologia clínica no hospital, já tratou um paciente que se tornou cego depois de plantar bananeira repetidamente na aula de ioga. Ele ressalta que levantadores de peso podem reduzir a pressão expirando ao levantar o peso.

 

Os especialistas avisam que as atividades não oferecem riscos para quem tem olhos saudáveis, mas para quem tem predisposição à doença, vale evitar a pressão. “Eles podem perder 70% da visão periférica em um olho antes de saber o que está acontecendo”, alerta.

 

O tratamento da doença inclui aplicação de colírio diariamente para melhorar a drenagem e reduzir a produção do fluido. Em alguns casos, a cirurgia é recomendada para abrir furos de drenagem. É recomendável que após os 40 anos os exames ópticos sejam feitos com regularidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s