Usado por Merkel, celular superseguro custará R$ 6,5 mil

A Secusmart GmbH já vendeu milhares de smartphones superseguros utilizados por altos funcionários do governo, como a chanceler alemã Angela Merkel. De olho no crescimento das preocupações envolvendo privacidade por parte dos usuários, a empresa prevê que cidadãos comuns também se tornarão grandes compradores de seus dispositivos de R$ 6,5 mil (US$ 2,7 mil), segundo informações publicadas pela Bloomberg.

 

A companhia está entre os fabricantes que criptografam chamadas para impedir escutas nos aparelhos. Bancos, escritórios de advocacia e outras empresas interessadas em evitar que suas conversas sejam monitoradas estão entre os possíveis novos clientes do negócio.

 

As revelações de espionagem pela Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos e de outras autoridades, incluindo relatos de que conversas telefônicas de Merkel haviam sido alvo de escutas, levaram a uma onda de produtos e serviços especializados na proteção das informações pessoais dos cidadãos. O tema será destaque na feira de tecnologia CeBIT, realizada a partir de amanhã em Hanover, na Alemanha.

 

O desafio para expandir o atual mercado de smarphones do gênero, segundo a publicação, é convencer os consumidores de que os dispositivos de segurança não tornarão o uso dos aparelhos mais difícil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s