Com garotos, Palmeiras passa pelo rebaixado Paulista

Já classificado às quartas de final do Campeonato Paulista, o Palmeiras aproveitou o jogo deste domingo, contra o já rebaixado Paulista de Jundiaí, para colocar seus garotos em campo. E com a participação de jovens como Bruno Oliveira, Victor Luis, Vinícius, Patrick Vieira e Miguel, o time alviverde venceu por 3 a 1 e manteve a excelente campanha na primeira fase do Estadual.

 

Volante França foi titular pelo Palmeiras Foto: Célio Messias / Gazeta Press
Volante França foi titular pelo Palmeiras
Foto: Célio Messias / Gazeta Press

Willian Matheus, Miguel e Patrick Vieira marcaram os gols da vitória, enquanto David descontou para os donos da casa. O resultado levou o Palmeiras a 32 pontos no Grupo D, enquanto o Paulista, que ainda não venceu nenhum jogo no campeonato, segue com apenas dois pontos, na lanterna do Grupo C.

 

Não foi preciso muito tempo para notar os problemas que o Palmeiras iria enfrentar com a ausência de seus principais jogadores. Sem Wesley e Valdivia no meio de campo, além de Leandro e Alan Kardec no ataque, o time comandado por Gilson Kleina teve dificuldades para se impor diante do Paulista, e só viu um cenário ainda mais trágico no início do jogo por causa da falta de qualidade do adversário.

 

Apesar da má atuação inicial, quando os meias palmeirenses tiveram lampejos de criatividade, o time do Palestra Itália conseguiu balançar as redes. Aos 20min, depois de França e Vinícius sofrerem falta, a bola ficou com Mendieta, o árbitro deu vantagem e o paraguaio encontrou Willian Matheus livre na esquerda, que invadiu a área e bateu cruzado para balançar as redes pela primeira vez.

 

Willian Matheus saiu jogando na lateral esquerda e marcou o primeiro gol Foto: Célio Messias / Agência Lance
Willian Matheus saiu jogando na lateral esquerda e marcou o primeiro gol
Foto: Célio Messias / Agência Lance

O gol, porém, não era o reflexo da partida. Apesar da falta de qualidade, o Paulista mostrava bastante empenho no ataque e foi premiado pela dedicação aos 26min. Após uma falha de Eguren no meio de campo, Gabriel Leite invadiu a área com liberdade, foi derrubado por Marcelo Oliveira e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, David chutou no meio do gol e deixou tudo igual.

 

Os primeiros minutos do segundo tempo indicavam que o cenário seria bastante parecido com o que foi produzido antes do intervalo. Logo aos 7min, o lateral Victor Hugo foi expulso de campo, deixando o Palmeiras com um jogador a mais. A vantagem não durou muito, já que, aos 10min, Marcelo Oliveira também recebeu o segundo cartão amarelo e foi para os vestiários mais cedo.

 

Jovem Miguel fez o segundo gol palmeirense Foto: Célio Messias / Gazeta Press
Jovem Miguel fez o segundo gol palmeirense
Foto: Célio Messias / Gazeta Press

Com o jogo fraco tecnicamente, o Palmeiras precisou de uma jogada individual para conquistar a vitória. Valente, Vinícius ganhou na força pela ponta esquerda do ataque, saiu na cara do goleiro e mostrou inteligência ao cruzar para Miguel. Desta forma, o centroavante teve o trabalho de apenas escorar ao fundo das redes e virar o jogo para o Palmeiras.

 

O segundo gol deu mais tranquilidade ao time alviverde, que passou a ter o domínio do jogo e ainda conseguiu ampliar sua vantagem diante do lanterna do Paulista. Aos 42min, Mazinho, que entrou no lugar de Vinícius no segundo tempo, fez a jogada pela esquerda, cruzou rasteiro e Patrick Vieira, após duas tentativas, colocou a bola no fundo das redes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s