Curiosidade do Dia

  • 10 curiosidades sobre o Palmeiras

1. Um grupo de ítalo-brasileiros ficou tão entusiasmado com as visitas dos clubes italianos Torino e Pró Vercelli que resolveu criar em São Paulo um time de futebol que representasse a colônia.

2. O primeiro presidente do clube, Ezequiel Simone, ficou no cargo por apenas 19 dias. Foi substituído por Augusto Vacari. Logo em seguida, Vacari foi recrutado pela Itália para lutar na Primeira Guerra Mundial. Deixou no lugar Leonardo Paseto.

3. A primeira partida oficial foi disputada em 24 de janeiro de 1915, em Sorocaba (SP), contra o Savoia de Votorantim. Vitória palestrina por 2 a 0.

4. No início, o escudo do Palestra Itália era vermelho com uma cruz de Savoia branca. Depois, ele ficou parecido com o atual. Os dois seguintes foram variações em torno das iniciais do clube. Durante a Segunda Guerra, desaparece o “I” e fica só o “P”. Até que a diretoria resolveu adotar o escudo que lembrava o Palestra Itália, todo verde.

5. No dia 20 de setembro de 1942, o time passou a se chamar Palmeiras. A mudança ocorreu por causa de pressão do governo brasileiro, que não aceitava um nome que fazia alusão à Itália. Durante a Segunda Guerra, o Brasil declarou guerra aos países do Eixo (Japão, Itália e Alemanha).

6. Apesar de ter sido obrigado a mudar de nome, o Palmeiras fez questão de preservar algumas referências ao Palestra Itália. O atual distintivo do clube foi fundado em 1942. Suas oito estrelas fazem referência ao mês de fundação Palestra (agosto) e ao número de títulos paulistas conquistados pelo clube antes da mudança de nome.

7. O hino do Palmeiras foi feito em 1949. Antônio Sergi, autor da música, era diretor artístico da rádio Cruzeiro do Sul, a maior da época, e maestro da orquestra Columbia, que animava até os bailes da mansão da família Matarazzo. Gennaro Rodrigues, que escreveu a letra, trabalhava como jornalista d’ “A Gazeta Esportiva”.

8. Nos anos 60, o time do Palmeiras, liderado por Ademir da Guia, ficou conhecido como “Academia”. O jogador disputou 666 partidas com a camisa alviverde em 16 anos. Pendurou as chuteiras em 14 de novembro de 1976. Saiu contundido no intervalo de uma partida contra o Corinthians e não voltou mais.

9. Em 1969, quando o Campeonato Paulista estava em andamento, o Corinthians pediu permissão à Federação Paulista de Futebol para contratar dois jogadores que substituíssem o lateral-direito Lidu e o ponta-esquerda Eduardo, mortos num acidente de automóvel. Todos os clubes concordaram, menos o Palmeiras. Na partida seguinte entre os dois times, a torcida corintiana encontrou uma fórmula para protestar contra o que considerou uma “sujeira” palmeirense. Levou um porco ao Morumbi e soltou-o em campo antes do início do jogo. Enquanto o suíno corria, assustado, de um lado para o outro, os corintianos entoavam o coro que virou provocação até 1986. Nesse ano, a torcida alviverde resolveu adotar a nova mascote e também um novo grito de guerra: “Dá-lhe, porco!”.

10. O Palmeiras cedeu jogadores para a Seleção Brasileira em todas as cinco copas vencidas pelo país. Só o São Paulo também conseguiu o feito.

Capitão América 2 – O Soldado Invernal | Chris Evans fala sobre o filme

Veja também os novos cartazes do filme

Steve Weintraub
30 de Janeiro de 2014

Steven Weintraub, nosso parceiro do Collider, conversou com Chris Evans sobre Capitão América 2 – O Soldado Invernal.

Veja também os novos cartazes do filme:

Capitao America 2 poster 30Jan2014

Capitao America 2 poster 30Jan2014 02

Capitao America 2 poster 30Jan2014 03

Segundo o ator, o novo filme trabalhará com os dilemas morais de Steve Rogers: “O filme é sobre ele tentando, não apenas se adaptar ao mundo moderno, mas fazer o que é certo e ser útil, ajudar onde é possível. Acho que essa sempre foi a meta do Capitão. Neste filme, acho que a questão é ‘O que é certo?’. Nos anos 40 era muito mais fácil saber quem era mau. Ninguém questiona que os nazistas eram maus. Agora isso se tornou mais difícil de ser respondido. É tudo mais cinza. Qual é a coisa certa? Você está servindo esta causa? É aí que se torna complicado para o Capitão, pois as coisas eram feitas de forma diferente nos anos 40. As ameaças são diferentes agora. Medidas preventivas que são tomadas agora são um tanto questionáveis e podem parecer suspeitas. Seguindo essa lógica Capitão América 2 não é apenas um filme de herói, explica Evans: “Ele é um super-herói bastante humano. Ele não atira luzes, não voa, são poderes bem ‘feijão com arroz’. Então acho apropriado que o tom e o tema [do novo filme] se encaixem em um elemento mais humano. Há um tom bem fundamentado de um suspense político. Acho que isso casa muito bem com o personagem, simplesmente funciona“.

Capitao America 2

Para o intérprete do Capitão América, são os personagens de Anthony Mackie (Sam Wilson, o Falcão) e Scarlett Johansson (Natasha Romanoff, a Viúva Negra) que ajudam no desenvolvimento emocional de Steve Rogers. “Sam trabalha no departamento de veteranos de guerra. Ele é uma espécie de terapeuta para pessoas que estão voltando da guerra. Nós nos entendemos, pois não é como se o Capitão tivesse muitos amigos. Sua vida é o trabalho. E Natasha o pressiona para começar a sair, namorar, encontrar uma vida social, encontrar a si mesmo fora do trabalho. Então Sam estende a mão e tenta ser seu amigo. E depois, quando as coisas esquentam, essa amizade se prova valiosa“. Suas cenas favoritas do filme são as que contracena com Johansson: “São ótimos momentos. Nós temos questões nesse filme. É uma dupla tão estranha. Somos pessoas tão diferentes. A ética dela está à venda. Steve é um escoteiro. É interessante o que eles acham um no outro. Fora do filme, eu e Scarlett nos conhecemos há muito tempo. Sempre fazemos piada sobre quantos filmes fizemos juntos. Nos damos muito bem e acho que isso pode ser visto no filme“.

Outro ilustre colega de elenco que recebeu elegios foi Robert Redford: “Ele é tão bom. Eu estava nervoso no primeiro dia, mas em dez minutos já estava ‘graças a Deus’. Pois você nunca sabe como essas pessoas serão. Ele é o cara mais legal do mundo. (…) Ele poderia ter vindo e feito o set dele. Ele não faz isso. Ele não é um desses caras. No primeiro dia em que filmamos juntos foram 15 horas de filmagem. No final do dia, a maior parte das cenas era minha. Ele tinha poucas falas e podia ter ido embora, mas ficou. Já passava da meia-noite e ele estava comigo passando as cenas. É elegante. Ele é simplesmente um cara elegante, um cara talentoso. Ele leva o projeto a um outro nível”.

Capitao America 2

Evans também comentou sobre a parte física do novo filme, que mostrará novas formas de combate: “Foi uma tarefa árdua, mas divertida. Eu estava empolgado. Eles me colocaram em aulas de ginástica olímpica e eu fiz aulas de combate todos os dias por alguns meses. Foi muito divertido, pois uma vez que você aprende a coreografia, pois é tudo basicamente uma dança, quando você acerta a coreografia, você pode começar a trabalhar na atuação, pois você não pode fingir bloquear ou levar um soco, você precisa mostrar se seu personagem vai machucar. Quando está tudo afiado, certo, é tão bom. É ótimo, parece que você está dançando“.

O ator, que à época do anúncio da sua contratação como Capitão América admitia temer o comprometimento com um personagem tão grande e por tantos filmes, se diz mais aliviado agora, graças à qualidade do Marvel Studios: “Eu amo esses filmes pois eles são bons. Isso uma das coisas complicadas da minha carreira – tenho certeza que você já viu algum dos meus filmes de qualidade duvidosa – e é decepcionante quando você coloca todo a sua dedicação, tempo e suor [em algo] que não presta. (…) [Nos filmes da Marvel] você não se sente assim. Comecei a apenas confiar em Kevin Feige e todos esses caras da Marvel, eles são tão bons no que fazem. (…) Não apenas os filmes, mas tudo: o marketing, os trailers, o guarda-roupa, tudo precisa paracer certo. É assustador entrar em um projeto tão grande. Se não funcionar, não funciona em uma escala muito grande. Mas você se sente mais confortável quando você confia em quem está fazendo esses filmes. Atuar é isso: confiança“.

Capitao America

Para finalizar, Evans falou sobre o peso do Capitão América na sua vida pessoal: “É estranho ter que filtrar seu cérebro cada vez que você toma uma decisão. (…) Quando você conhece uma criança e pensa ‘cara, ele realmente me admira. Que coisa estranha. Ele nem me conhece!’. Isso é engraçado. Lembro de sentir isso quando era pequeno. É algo bonito. Não quero soar piegas, mas é bem legal. Você deve isso a eles. É parte da responsabilidade do trabalho. É uma coisa complicada que eu sempre me questiono…é interessante os paralelos entre o personagem Steve e eu na minha vida, os paralelos do que você [fazer]. Qual é o limite, como ator? O que eu devo? Sei que escolhi uma profissão que compromete meu anonimato, mas isso quer dizer que você precisa saber onde passo as férias ou qual é o nome do meu cachorro? Qual é o limite? Classifico a forma como as crianças veem você como algo que você deve, é sua responsabilidade. Se você toma decisões estúpidas na sua vida e isso mancha a imagem que eles têm de você, isso é sua culpa. Você não está livre para ser um babaca. Antes eu estava”.

Capitao America 2

Na sequência (novamente escrita por Christopher MarkusStephen McFeely), Steve Rogers (continua sua colaboração com Nick Fury (Samuel L. Jackson) e a S.H.I.E.L.D. e luta para aceitar seu papel no mundo moderno, enquanto uma nova ameaça surge direto de seu passado.

O elenco inclui ainda Scarlett Johansson (Viúva Negra), Sebastian Stan (Bucky Barnes/Soldado Invernal), Anthony Mackie (Falcão), Cobie Smulders (Maria Hill), Frank Grillo(Ossos Cruzados), Georges St-Pierre (Batroc, o Saltador), Hayley Atwell (Peggy Carter),Toby Jones (Arnim Zola), Emily VanCamp (Agente 13) e Maximiliano Hernández (Agente Jasper Sitwell). Robert Redford vive Alexander Pierce, o líder da S.H.I.E.L.D. Anthony Russo e Joe Russo assinam a direção.

Capitão América 2 – O Soldado Invernal estreia em 11 de abril de 2014.

Capitão América 2 | Painel da Comic-Con

Leia mais sobre Capitão América.

Sono de má qualidade pode duplicar tamanho de câncer, diz estudo

Dormir mal afeta o sistema imunológico o que dá espaço para a doença agir de forma mais agreesiva Foto: Getty Images
Dormir mal afeta o sistema imunológico o que dá espaço para a doença agir de forma mais agreesiva
Foto: Getty Images

Não ter uma boa noite de sono pode acelerar o crescimento do câncer e torná-lo mais agressivo, segundo pesquisa publicada na revista Cancer Reserach. Segundo os pesquisadores, a perturbação do sono pode causar diferenças notáveis na doença em apenas quatro semanas. As informações são do Daily Mail.

 

Para a descoberta, foram feitas experiências com ratos em laboratório. Os estudiosos injetaram células tumorais nos animais. Uma parte deles tiveram sono tranquilo e sem interrupções, a outra foi submetida a ruídos que faziam os ratos acordarem a cada dois minutos. Após quatro semanas, os tumores dos ratos que tiveram sono fragmentado estavam duas vezes maiores que os dos demais.

 

O estudo foi o primeiro a demonstrar em animais os efeitos diretos do sono fragmentado em doenças como o câncer. De acordo com o presidente da pediatria da Universidade do Hospital de Chicago, David Gozal, o sono de má qualidade interfere no sistema imunológico e, com isso, dá espaço para a doença agir de forma mais agressiva.

 

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças estimam que cerca de 70 milhões de norte-americanos sofram de problemas crônicos de sono.

Atriz pornô lança concurso no Twitter e promete ato sexual para vencedor

A atriz pornô Christy Mack lançou um concurso para seus seguidores no Twitter e prometeu realizar um ato sexual para o vencedor.

A estrela pornô disse que faria sexo oral no seguidor que construísse o objeto mais incrível feito com peças de Lego.

Horas depois de publicar a mensagem, ela começou a receber fotos de coisas feitas por seus seguidores com blocos de Lego.

Christy Mack lançou um concurso para seus seguidores no Twitter e prometeu realizar um ato sexual para o vencedor (Foto: Reprodução/Twitter/ChristyMack)
Christy Mack lançou um concurso para seus seguidores no Twitter e prometeu realizar um ato sexual para o vencedor (Foto: Reprodução/Twitter/ChristyMack)

Radiação destrói revestimento da ISS, advertem cientistas russos

A Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) é refletida no capacete de astronauta Foto: Nasa / Divulgação
A Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) é refletida no capacete de astronauta
Foto: Nasa / Divulgação

A radiação cósmica está destruindo o revestimento da Estação Espacial Internacional (ISS, na silga em inglês), segundo um estudo de um grupo de cientistas russos cujos resultados foram divulgados nesta sexta-feira em Moscou.

 

“No final do ano passado fizemos um trabalho para o Centro Espacial Krunichev e obtivemos resultados surpreendentes: o revestimento, a proteção do casco da ISS, está sendo destruído pela radiação”, disse Yelena Deshevaya, do Instituto de Problemas Médico Biológicos (IPMB) da Academia de Ciências russa.

 

A cientista, que informou dos resultados da pesquisa em uma conferência na Universidade Técnica Bauman de Moscou, explicou que este fenômeno acontece porque na composição do revestimento da plataforma espacial são usados poliamidas pouco resistentes à radiação.

 

“Toda a proteção do casco (da ISS) está sendo destruída”, advertiu Deshevaya, citada pela agência Interfax.

 

Ela explicou que no IPMB os materiais com os quais é fabricado o revestimento da plataforma espacial foram testados e se estabeleceu que em um primeiro momento a radiação os fortalece, mas que depois os debilita e os torna mais frágeis.

 

Este problema, acrescentou a cientista, pode ser solucionado usando polímeros resistentes à radiação. A ISS é um projeto internacional no qual participam 20 de países e que conta com financiamento até o ano 2024, embora poderia permanecer em funcionamento até 2028.

 

Atualmente a bordo da plataforma espacial se encontra uma expedição integrada por seis tripulantes: os russos Oleg Kotov, Sergei Riazanski e Mikhail Tyurin, os americanos Rick Mastracchio e Mike Hopkins, e o japonês Koichi Wakata.

Aquisição da Motorola pelo Google terminou em fracasso, diz site

CEO da Motorola esteve no Brasil em novembro de 2013, no lançamento mundial do Moto G Foto: Divulgação
CEO da Motorola esteve no Brasil em novembro de 2013, no lançamento mundial do Moto G
Foto: Divulgação

O Google anunciou na quarta-feira a venda da unidade de dispositivos móveis da Motorola Mobility para a chinesa Lenovo por US$ 2,9 bilhões, quase US$ 10 bilhões a menos ante os R$ 12,5 bi que o gigante da internet pagou pelo negócio em 2012. De acordo com artigo publicado nesta quinta-feira no site Mashable, a negociação prova que o Google falhou em sua tentativa de realizar negócios com a Motorola. “Nenhuma quantidade de rotação positiva pode esconder o fato de que a aquisição da Motorola pelo Google terminou em fracasso”, diz o artigo.

 

O site afirma que o Google iniciou os trabalhos na Motorola tentando reorganizar a unidade, cortando milhares de empregos e desligando um terço das instalações da empresa. O gigante da internet despejou uma grande quantidade de dinheiro para desenvolver o Moto X, incluindo a tecnologia e a estratégia de marketing. “Alguém poderia argumentar que o Google não se concentrou o suficiente na Motorola para obter sucesso, mas as ações da empresa e os cheques apresentados mostram que ele gastou tempo e dinheiro suficiente para tentar fazer alguma coisa com a empresa”, afirma o artigo.

 

No acordo firmado com o Google para a divisão de celulares da Motorola, a Lenovo vai pagar US$ 660 milhões em dinheiro, US$ 750 milhões em ações ordinárias da Lenovo, e outros US$ 1,5 bilhão em forma de uma nota promissória de três anos, disseram a Lenovo e o Google em um comunicado conjunto.

 

A compra dará aval à Lenovo para competir com a Apple e a Samsung Electronics, bem como fabricantes de smartphones chineses cada vez mais agressivos na arena altamente lucrativa dos Estados Unidos.