Curiosidade do Dia

Por que a palavra guarda-roupa tem um sentido tão óbvio?

Assim como para-brisa e para-choque, o termo guarda-roupa, que apareceu pela primeira vez em 1326, expressa a função do objeto que designa.

Quem não gosta dele pode optar por “armário”. Pouco empregado e com utilidade mais específica, existe também o “guarda-vestido”.

Harry Potter | Warner registra direitos sobre Os Contos de Beedle, O Bardo e Quadribol Através dos Séculos

Estúdio cobre todas as possibilidades de adaptação dos livros de J. K. Rowling

Natália Bridi – Omelete

quadribol atraves dos seculos

Além de registrar a marca Animais Fantásticos e Onde Habitam (Fantastic Beasts and Where to Find Them) em todas das categorias possíveis – incluindo histórias em quadrinhos, reality shows, produções animadas e live-action (de drama  ou comédia) e todo o tipo de produto multimídia, sejam jogos, sites ou aplicativos – a Warner Bros. registrou outros nomes do universo criado por J. K. Rowling. As informações são do Bleeding Cool.

Na lista estão Newt Scamander, o autor fictício de Animais Fantásticos e Onde Habitam; Os Contos de Beedle, O Bardo (The Tales of Beedle the Bard, livro que aparece em Harry Potter e as Relíquias da Morte e inclui o “Conto dos Três Irmãos”); Quadribol Através dos Séculos (Quidditch Through the Ages), o livro sobre a história do esporte. Também foram registrados pelo estúdio os nomes de Kennilworthy Whisp, o autor fictício de Quadribol Através dos Séculos, e os times Vespas de Wimbourne (Wimbourne Wasps), Chudley Cannons e Francelhos de Kenmare (Kenmare Kestrels).

O registro mostra que o estúdio quer garantir o uso dos títulos em todas as plataformas, mesmo que não tenha planos imediatos para adaptar ao cinema (ou para outros meios) Os Contos de Beedle ou Quadribol Através dos Séculos. Por enquanto, apenas a adaptação de Animais Fantásticos e Onde Habitam é certa.

O livro didático no mundo de Harry Potter cataloga 75 espécies de criaturas mágicas pelos cinco continentes. Os filmes contarão as viagens do autor do livro, Newt Scamander, 70 anos antes do início da jornada de Harry Potter. J. K. Rowling escreve o roteiro e terá controle criativo sobre a adaptação. No OmeleTV falamos sobre as possibilidades do retorno do universo de Harry Potter ao cinema:

Harry Potter está na nossa lista de livros que inspiram filmes – confira!

Veja também os Hyperdrives sobre Animais Fantásticos e Onde Habitam:

Leia mais sobre J. K. Rowling
Leia mais sobre Harry Potter

Dormir é “chave” para combater a obesidade; entenda

 Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

​As campanhas de saúde para combater a obesidade tendem a se concentrar na importância de uma dieta saudável e da prática de exercícios físicos. Mas a esta equação também devem ser somadas boas noites de sono. Pesquisas recentes mostram que comer menos e de forma mais saudável, além de se exercitar diariamente, tem pouco resultado na redução dos níveis de obesidade.

 

Talvez, a razão por trás disso possa ser encontrada em vários estudos que mostram que poucas horas de sono podem estar associadas à obesidade em adultos e crianças. E é mais do que coincidência o fato de que, nos últimos anos, as pessoas vêm dormindo menos ao passo que tem aumentado o número de obesos.

 

Por meio de exames de ressonância magnética, cientistas mostraram que a falta de sono afeta áreas do cérebro responsáveis pela tomada de decisões complexas e a vontade de ter “recompensas”, o que pode levar a escolha por alimentos calóricos e com alto teor de gordura.

 

Maçã ou cupcake?
Noites mal dormidas também afetam os níveis dos hormônios da fome, provocando uma queda nos níveis de leptina, que regula o consumo de alimentos e sinaliza quando já comemos o bastante, e o aumento do nível de grelina, que estimula o apetite e produção de gordura.

 

As pesquisas indicam que essas variações hormonais elevam em 24% a sensação de fome, em 23% o apetite e em 33% a vontade consumir comidas calóricas e gordurosas. Os levantamentos mostram ainda que as pessoas que dormem pouco ficam ávidas para beliscar entre as refeições, temperar demais os alimentos, comer menos legumes e verduras e mais junk food. Afinal de contas, quando está com sono, o que você prefere: uma maçã ou um cupcake?

 

A campanha pelo “coma menos, mova-se mais” não terá muitas chances de sucesso se não for combinada a orientações para que as pessoas durmam mais.

Professora demitida por fotos de biquíni vira stripper nos EUA

Uma professora de inglês que foi demitida porque fez ensaios fotográficos como modelo de biquíni virou stripper e posou para fotos pornográficas para a revista “‘Hustler”. Olivia Sprauer foi afastada em maio de uma escola do condado de Martin, na Flórida (EUA).

Ela utilizava o pseudônimo Victoria James  para fazer ensaios sensuais de roupas de banho. “Teria sido bom para os estudantes se terminassem o ano comigo”, afirmou a professora, criticando a decisão. “Apenas fotografo usando roupas de banho”, disse.

Após demissão, Olivia Sprauer virou stripper e posou para fotos pornográficas (Foto: Reprodução/Facebook/Victoria James )
Após demissão, Olivia Sprauer virou stripper e posou para fotos pornográficas (Foto: Reprodução/Facebook/Victoria James )
Olivia Sprauer usava o codinome 'Victoria Valentine' para posar como modelo de biquíni (Foto: Reprodução/Facebook/Victoria Valentine)
Olivia Sprauer usava o codinome ‘Victoria Valentine’ para posar como modelo de biquíni (Foto: Reprodução/Facebook/Victoria Valentine)

Marte: Nasa divulga análise de rocha com forma de pirâmide

Rocha com forma de pirâmide foi achada pela sonda Curiosity. Pontos marcados em amarelo e vermelho foram analisados pelos instrumentos da sonda Foto: Science/AAAS/Nasa / Divulgação
Rocha com forma de pirâmide foi achada pela sonda Curiosity. Pontos marcados em amarelo e vermelho foram analisados pelos instrumentos da sonda
Foto: Science/AAAS/Nasa / Divulgação

A primeira rocha analisada por alguns dos instrumentos da sonda Curiosity em Marte chamou a atenção pelo incomum formato de pirâmide. A pedra, contudo, é comum na Terra e se forma nas profundezas do planeta, afirmam os cientistas, que apresentaram o resultado da análise nesta quinta-feira na revista especializada Science.

 

A rocha foi apelidada de Jake_M pela Nasa – em homenagem ao engenheiro Jake Matijevic, do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL, na sigla em inglês) da agência. Ela é um mugearite, um tipo encontrado na Terra em ilhas oceânicas e fendas nos continentes. A presença dessa pedra indica a presença de água em regiões profundas de Marte.

 

“Na Terra, temos uma boa ideia de como as mugearites e rochas parecidas se formam”, diz Martin Fisk, geólogo marinho da Universidade do Estado do Oregon e membro da missão da Curiosity. “(O processo de formação) começa com o magma profundo na Terra que cristaliza com a presença de 1 ou 2% de água. Os cristais se formam no magma e o que não cristaliza é o magma mugearite, que pode eventualmente sair para a superfície em uma erupção vulcânica.”

 

“Ela (a rocha) implica que o interior de Marte é composto de áreas com diferentes composições. Não é bem misturado. Talvez Marte nunca fique homogeneizado da forma como a Terra consegue através das placas tectônicas e do processo de convecção.”

Rival do Google Glass já vendeu 50 mil unidades a US$ 599

A Recon Instruments, fabricante do Jet, rival do Google Glass, anunciou na quinta-feira que já vendeu mais de 50 mil unidades de seus óculos inteligentes – que custam quase um terço do preço do dispositivo de Moutain View, US$ 599. Segundo o VentureBeat, a companhia também anunciou uma parceria com a Intel Capital.

 

O rival é voltado a atletas, como ciclistas, corredores e golfistas, além de esquiadores – o modelo Skiers, para esse último público, seria o detentor da cifra de vendas divulgada ontem. O Google Glass, por enquanto, está disponível apenas para usuários selecionados, e custa US$ 1,5 mil.

 

Dispositivo tem conectividade Wi-Fi, Bluetooth e Ant+ Foto: Divulgação
Dispositivo tem conectividade Wi-Fi, Bluetooth e Ant+
Foto: Divulgação

Com a parceria com a Intel, o valor do Jet cai para US$ 499. E, além da fabricante de chips, a Recon também deu a entender que a Apple pode estar envolvida no produto.

 

“A Recon vendeu mais de 50 mil displays para cabeça no mundo, o que inclui uma campanha bem sucedida em uma das revendas da Apple”, afirmou o CEO Dan Eisenhardt, ao site americano. O comentário indicaria o interesse da Maçã de apoiar rivais do Google Glass, já que Mountain View e Cupertino disputam mercados concorrentes.

 

Rival do Google Glass custa um terço do preço
Rival do Google Glass custa um terço do preço

 

Recon Jet
Os óculos inteligentes Recon Jet pesam 28 gramas, peso distribuído igualmente entre os dois lados do dispositivo. Com processador dual-core de 1 GHz e conexões Wi-FI, Ant+ e Bluetooth, o aparelho tem GPS, câmera HD e tela de alta definição.

 

Segundo fabricante, óculos pesa apenas 28 gramas - o rival Google Glass pesa 50 gramas Foto: Divulgação
Segundo fabricante, óculos pesa apenas 28 gramas – o rival Google Glass pesa 50 gramas
Foto: Divulgação

Como é voltado aos esportistas, o Jet oferece uma série de sensores, como acelerômetro, giroscópio, altímetro, magnetômetro e termômetro. Segundo a empresa, médicos também são um público alvo, o dispositivo também funciona quando o usuário está de luvas e é resistente a água e neve.

 

“Computação de vestir é um fenômeno grande e em aceleração, que redefine como usamos e interagimos com informação”, diz Mike Bell, vice-presidente e gerente geral da divisão de novos dispositivos da Intel. “Na Recon Instruments, vamos tecnologia atraente e estratégia sólida para capitalizar com a revolução ‘de vestir’. Essa é uma área de grande foco da Intel Capital e nosso investimento na Recon Instruments é uma parte chave de nossa abordagem de inovação nesse espaço emergente”, resumiu o executivo ao Venture Beat.