Curiosidade do Dia

O que existe no centro da Terra?

Terra - Estrutura

O núcleo terrestre é dividido em duas partes. O exterior, constituído principalmente de ferro derretido e níquel, começa a 2.900 quilômetros abaixo da superfície. O núcleo interior começa a 5 mil quilômetros da superfície e tem, aproximadamente, 2.800 quilômetros de largura. Ele é composto de ferro e níquel em estado sólido e está sob grande pressão. A temperatura chega a 6 mil ºC.

Wolverine – Imortal | Assista aos primeiros trailers do filme

Prévias iniciais saem em duas versões

Natália Bridi – Omelete
.
..

Wolverine – Imortal (The Wolverine) ganhou não apenas seu primeiro trailer, mas dois, em versões para os EUA e para o mercado internacional. Nos vídeos, Logan recebe a promessa de se ver mortal, livre da “maldição” do seu fator de cura, “mas o que fizeram comigo, quem eu sou, não pode ser desfeito”, diz ele. Veja:

Na trama, Wolverine (Hugh Jackman), atormentado por sua memória e sua condição, viaja ao Oriente em busca de ajuda, e encontra amor e fúria. Humilhado perante a bela Mariko Yashida (Tao Okamoto), Logan depara com a organização criminosa Tentáculo, iniciando um poderoso embate psicológico entre sua fera interior e o homem que ele deseja ser.

O filme adapta a saga japonesa do mutante, minissérie em quadrinhos desenhada por Frank Miller e escrita por Chris Claremont em 1982. The Wolverine  estreia em 26 de julho, convertido em 3D.

Leia mais sobre Wolverine – Imortal.

Páscoa com chocolate: estudo diz que o cacau diminui risco de AVC

Cacau contém antioxidantes que alteram fluxo sanqguíneo Foto: Getty Images
Cacau contém antioxidantes que alteram fluxo sanqguíneo
Foto: Getty Images

A uma semana da Páscoa, a boa notícia para os “chocólatras” é que o chocolate pode fazer bem ao organismo. Uma nova pesquisa descobriu que comer uma barra por dia tem efeito direto no cérebro e reduz o risco de acidente vascular cerebral. As informações são do Daily Mail. 

 

O estudo publicado na revista Neurology mostra, pela primeira vez, como o chocolate afeta os vasos sanguíneos. Pesquisadores da Universidade de Glasgow mediram a velocidade do sangue que flui através da maior artéria do cérebro, enquanto pessoas comiam chocolate deitadas.

 

Eles concluíram que o doce tinha um efeito sobre os níveis de dióxido de carbono que afetou os vasos sanguíneos: o fluxo de sangue melhorou, o que impactou de forma positiva nas células do órgão.

 

O professor Matthew Walters, que liderou o estudo, disse que “o consumo de uma barra de chocolate foi associado com uma mudança na rigidez dos vasos sanguíneos. Pensamos que uma redução no risco de AVC é dada pela mudança no comportamento do fluxo sanguíneo”.

 

Os flavonoides benéficos, encontrados na planta do cacau, são antioxidantes que contribuem para a prevenção de doenças cardíacas. Por outro lado, o chocolate tem elevado teor de açúcar e gordura que pode causar obesidade – um fator de risco definido para ataques cardíacos.

Americana seminua é presa por roubar bifes

Uma jovem de 18 anos foi presa no condado de Marathon, no estado de Wisconsin (EUA) após ser vista nua da cintura para baixo em uma esquina, pouco depois de roubar bifes de carne de uma loja próxima.

Após ser pega com as calças abaixadas, Elizabeth A. Hoen foi presa com três bifes em sua bolsa (Foto: Divulgação/Marathon County Sheriff’s Department)
Após ser pega com as calças abaixadas, Elizabeth A. Hoen foi presa com três bifes em sua bolsa (Foto: Divulgação/Marathon County Sheriff’s Department)

Elizabeth A. Hoen foi avistada por uma pedestre com as calças abaixadas, acompanhada de um homem desconhecido e, com a chegada dos oficiais, a jovem tentou fugir, de acordo com o jornal “Post Crescent”. Após ser pega, a polícia descobriu que Hoen escondia três bifes em sua bolsa, e confirmou com o dono da loja que nenhum daqueles produtos havia sido vendido.

Apesar de negar todos os crimes, Elizabeth foi flagrada pelo sistema de câmeras do estabelecimento, e presa por roubo e resistência à prisão. Não há informações sobre a razão pela qual a mulher estava sem as calças no momento do flagrante.

Estrelas azuis se formam em jovem constelação visível da Terra

Aglomerado estelar NGC 2547 pode ser visto com binóculos

Estrelas jovens no aglomerado estelar aberto NGC 2547 Foto: ESO / Divulgação
Estrelas jovens no aglomerado estelar aberto NGC 2547
Foto: ESO / Divulgação

Um grupo de estrelas recém formadas situado na constelação austral da Vela forma esse salpicado de estrelas azuis brilhantes, em imagem divulgada nesta quarta-feira pelo Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês). O aglomerado NGC 2547 tem entre 20 e 35 milhões de anos de idade, segundo estimativas de astrônomos – praticamente um bebê, em termos espaciais.

 

Comparando com o Sol que ainda nem chegou à meia idade e tem 4 bilhões e 600 milhões de anos, corresponde a imaginarmos que se o Sol for uma pessoa de 40 anos de idade, as estrelas brilhantes da imagem são bebês de três meses. Embora o NGC 2547 contenha muitas estrelas quentes que brilham intensamente no azul, um sinal claro da sua juventude, também são visíveis uma ou duas estrelas amarelas ou vermelhas que já evoluíram até se tornarem gigantes vermelhas.

 

Os aglomerados são objetos chave no estudo da evolução das estrelas ao longo das suas vidas. Os membros de um aglomerado nascem todos a partir do mesmo material e ao mesmo tempo, o que torna mais fácil determinar os efeitos de outras propriedades estelares. Os aglomerados estelares abertos como este têm vidas comparativamente curtas, da ordem das várias centenas de milhões de anos, antes de se desintegrarem à medida que as suas estrelas se afastam.

 

O aglomerado estelar NGC 2547 situa-se na constelação da Vela, a cerca de 1500 anos-luz de distância da Terra, e é suficientemente brilhante para poder ser visto com binóculos. Foi descoberto em 1751 pelo astrônomo francês Nicolas-Louis de Lacaille, com o auxílio de um pequeno telescópio com menos de dois centímetros de abertura, durante uma expedição astronômica ao Cabo da Boa Esperança, na África do Sul.

Vista de grande angular do aglomerado estelar aberto NGC 2547 Foto: ESO / Divulgação
Vista de grande angular do aglomerado estelar aberto NGC 2547
Foto: ESO / Divulgação

“Maior ciberataque da História” deixa internet lenta em todo o mundo

Internet

A internet ficou mais lenta ao redor do mundo nesta quarta-feira devido ao que especialistas em segurança chamaram de maior ciberataque da História. Uma briga entre um grupo que luta contra o avanço do spam e uma empresa que abriga sites deflagrou ataques cibernéticos que atingiram a estrutura central da rede.

 

O episódio teve impacto em serviços como o Netflix – e especialistas temem que possa causar problemas em bancos e serviços de e-mail. Cinco polícias nacionais de combate a crimes cibernéticos estão investigando os ataques.

 

O grupo Spamhaus, que tem bases em Londres e Genebra, é uma organização sem fins lucrativos que tenta ajudar provedores de email a filtrar spams e outros conteúdos indesejados. Para conseguir seu objetivo, o grupo mantém uma lista de endereços que devem ser bloqueados – uma base de dados de servidores conhecidos por serem usados para fins escusos na internet.

 

Recentemente, o Spamhaus bloqueou servidores mantidos pelo Cyberbunker, uma empresa holandesa que abriga sites de qualquer natureza, com qualquer conteúdo – à exceção de pornografia ou material relacionado a terrorismo.

 

Sven Olaf Kamphuis, que diz ser um porta-voz da Cyberbynker, disse em mensagem que o Spamhaus estava abusando de seu poder, e não deveria ser autorizado a decidir “o que acontece e o que nao acontece na internet”.

 

O Spamhaus acusa a Cyberbunker de estar por trás dos ataques, em cooperação com “gangues criminosas” do Leste da Europa e da Rússia. A Cyberbunker não respondeu à BBC quando contactada de forma direta.

 

“Trabalho imenso”

 

Steve Linford, executivo-chefe do Spamhaus, disse à BBC que a escala do ataque não tem precedentes. “Estamos sofrendo este ciberataque por ao menos uma semana”. “Mas estamos funcionando, não conseguiram nos derrubar. Nosso engenheiros estão fazendo um trabalho imenso em manter-nos de pe. Este tipo de ataque derruba praticamente qualquer coisa”.

 

Linford disse à BBC que o ataque estava sendo investigado por cinco polícias cibernéticas no mundo, mas afirmou que não poderia dar mais detalhes, já que as polícias envolvidas temem se alvos de ataques também.

 

Os autores da ofensiva usaram uma tática conhecida como Ataque Distruibuído de Negação de Serviço (DDoS, na sigla em inglês), que inunda o alvo com enormes quantidades de tráfego, em uma tentativa de deixá-lo inacessível. Os servidores do Spamhaus foram escolhidos como alvo.

 

Linford disse ainda que o poder do ataque é grande o suficiente para derrubar uma estrutura de internet governamental.