Curiosidade do Dia

  • 10 curiosidades sobre o Palmeiras

1. Um grupo de ítalo-brasileiros ficou tão entusiasmado com as visitas dos clubes italianos Torino e Pró Vercelli que resolveu criar em São Paulo um time de futebol que representasse a colônia.

2. O primeiro presidente do clube, Ezequiel Simone, ficou no cargo por apenas 19 dias. Foi substituído por Augusto Vacari. Logo em seguida, Vacari foi recrutado pela Itália para lutar na Primeira Guerra Mundial. Deixou no lugar Leonardo Paseto.

3. A primeira partida oficial foi disputada em 24 de janeiro de 1915, em Sorocaba (SP), contra o Savoia de Votorantim. Vitória palestrina por 2 a 0.

4. No início, o escudo do Palestra Itália era vermelho com uma cruz de Savoia branca. Depois, ele ficou parecido com o atual. Os dois seguintes foram variações em torno das iniciais do clube. Durante a Segunda Guerra, desaparece o “I” e fica só o “P”. Até que a diretoria resolveu adotar o escudo que lembrava o Palestra Itália, todo verde.

5. No dia 20 de setembro de 1942, o time passou a se chamar Palmeiras. A mudança ocorreu por causa de pressão do governo brasileiro, que não aceitava um nome que fazia alusão à Itália. Durante a Segunda Guerra, o Brasil declarou guerra aos países do Eixo (Japão, Itália e Alemanha).

6. Apesar de ter sido obrigado a mudar de nome, o Palmeiras fez questão de preservar algumas referências ao Palestra Itália. O atual distintivo do clube foi fundado em 1942. Suas oito estrelas fazem referência ao mês de fundação Palestra (agosto) e ao número de títulos paulistas conquistados pelo clube antes da mudança de nome.

7. O hino do Palmeiras foi feito em 1949. Antônio Sergi, autor da música, era diretor artístico da rádio Cruzeiro do Sul, a maior da época, e maestro da orquestra Columbia, que animava até os bailes da mansão da família Matarazzo. Gennaro Rodrigues, que escreveu a letra, trabalhava como jornalista d’ “A Gazeta Esportiva”.

8. Nos anos 60, o time do Palmeiras, liderado por Ademir da Guia, ficou conhecido como “Academia”. O jogador disputou 666 partidas com a camisa alviverde em 16 anos. Pendurou as chuteiras em 14 de novembro de 1976. Saiu contundido no intervalo de uma partida contra o Corinthians e não voltou mais.

9. Em 1969, quando o Campeonato Paulista estava em andamento, o Corinthians pediu permissão à Federação Paulista de Futebol para contratar dois jogadores que substituíssem o lateral-direito Lidu e o ponta-esquerda Eduardo, mortos num acidente de automóvel. Todos os clubes concordaram, menos o Palmeiras. Na partida seguinte entre os dois times, a torcida corintiana encontrou uma fórmula para protestar contra o que considerou uma “sujeira” palmeirense. Levou um porco ao Morumbi e soltou-o em campo antes do início do jogo. Enquanto o suíno corria, assustado, de um lado para o outro, os corintianos entoavam o coro que virou provocação até 1986. Nesse ano, a torcida alviverde resolveu adotar a nova mascote e também um novo grito de guerra: “Dá-lhe, porco!”.

10. O Palmeiras cedeu jogadores para a Seleção Brasileira em todas as cinco copas vencidas pelo país. Só o São Paulo também conseguiu o feito.

Homem de Ferro 3 | Spoilers revelam o fim do filme e futuras ligações

O mundo vai ficar pequeno para Tony Stark?

Marcelo Hessel – Omelete
.
..

guardioes da galaxiaEm entrevista à EW, Robert Downey Jr. deu uma declaração críptica sobre as participações especiais que podem surgir em Homem de Ferro 3. Diz ele: “Onde quer que você olhe nos filmes da Marvel, há oportunidades de novos aliados aparecerem para ajudar. Eles ficam no ar, por assim dizer, e eu não esperaria nada pé no chão desta vez”.

Muitos blogs já começaram a entender que “ficar no ar” (e não “no chão”) é uma referência à equipe estelar dos Guardiões da Galáxia – que ganharão filme próprio em 2014 e que, atualmente, nos quadrinhos da Marvel, têm ninguém menos que o Homem de Ferro como integrante.

A partir daqui começam os spoilers de fato.

Esse palpite está se confirmando. Primeiro a Pop! Vinyl, que produz bonecos de toy art de franquias grandes como o Universo Marvel, revelou um dos seus itens relacionados a Homem de Ferro 3: apropriadamente chamado Deep Space Suit. Veja aqui a armadura desenhada para que Tony Stark desbrave o espaço sideral.

Nem sempre os brinquedos licenciados dos filmes têm relação direta com o que aparece na telona, mas nesse caso, segundo o Latino Review, o Homem de Ferro realmente vai deixar a Terra sem o risco de pane no sistema de sua armadura. As confiáveis fontes do site junto à Marvel dizem que Tony encontrará os Guardiões da Galáxia ao final do filme e se unirá a eles no espaço – e o mesmo encontro acontecerá ao final do longa da equipe espacial.

Será que, na hora que Os Vingadores 2 chegar, teremos ação tanto no espaço quanto na Terra contra Thanos? Vamos acompanhar…

Veja as últimas notícias sobre Homem de Ferro 3 e outros filmes de super-heróis no programa Omelete Hyperdrive:

Homem de Ferro 3  estreia nos EUA em 3 de maio e em 26 de abril no Brasil.

Leia mais sobre Homem de Ferro.

Coma menos: veja 6 dicas para evitar os exageros à mesa

Dar goles pequenos é uma forma de reduzir o consumo de bebidas e, consequentemente, cortar calorias Foto:  / Getty Images

Dar goles pequenos é uma forma de reduzir o consumo de bebidas e, consequentemente, cortar calorias
Foto: Getty Images


Comer exageradamente é muito fácil. Manter bons hábitos não é fácil nem nos restaurantes, onde são servidas porções enormes, e nem na frente da TV, quando a distração nos impede de contar as calorias ingeridas. No entanto, investigar nosso comportamento alimentar é uma forma de incorporar dicas simples para reduzir o hábito de “comer por comer”. As informações são do jornal Huffington Post.

Recentemente, em um estudo publicado no jornal PloS One, mostrou que o simples fato de tomar goles pequenos (o que pode ser extrapolado para também para as mordidas), pode reduzir  o consumo em até 30%. Mas isso não é tudo – de garfos vibratórios a pratos coloridos, veja seis dicas fáceis para passar a comer menos.

1. Dê goles menores
Parece lenda, mas pesquisas mostram que ingerir uma quantidade menor de líquido ajuda a diminuir o consumo. E um estudo recente mostrou que não só as pessoas bebem mais quando dão goles maiores, como também subestimam o quanto bebem. Para o estudo, pesquisadores convidaram 53 participantes a tomar o quanto de caldo gostariam. Eles foram divididos em três grupos: pequenos goles de 5 g, grandes goles de 15 g e goles “livres”. Eles descobriram que quem apostou nos goles menores tomaram até 30% menos do que os que beberam livremente.

2. Escolha algo com cheiro forte
Alimentos com cheiro forte podem ajudar você a controlar as porções, de acordo com um estudo realizado em 2012. Os participantes receberam creme de baunilha e foram expostos a várias intensidades de aroma de baunilha. Quando sentiram o cheiro mais forte da baunilha, comeram porções menores.

3. Aposte em cores contrastantes
Quer comer menos purê de batata? Então não escolha um prato branco. O ideal é apostar em louças com cores que contrastem bastante com a comida. De acordo com um estudo publicado no Journal of Consumer Research, o ato pode ajudar a inibir a vontade de fazer uma grande montanha de comida.

4. Use um garfo vibratório
O garfo eletrônico da marca HAPfork ajuda as pessoas que comem rápido porque aumenta a sensação de mordidas por minutos, graças a um sensor. Mas atenção: o produto só existe em formato de garfo, logo, essa não é uma solução viável para quem quer abusar do sorvete.

5. Coma em um prato pequeno
Comer em um prato pequeno pode ajudá-lo a imaginar que está comendo mais do que realmente está – reduzindo o consumo em até 20%.

6. Diminua as luzes e a música
Um estudo encomendado por uma rede de fast food mostrou que luzes suaves e música inspiram os clientes a comerem 175 menos calorias por refeição, o que representa uma diminuição de 18%. Por que não tentar isso em casa?

Alemanha lembra chegada de Hitler ao poder há 80 anos

Hitler

Berlim lembra nesta quarta-feira a chegada ao poder de Hitler, há 80 anos, com uma série de exposições que mostram “a responsabilidade permanente” da Alemanha pelos crimes nazistas, como ressaltou a chanceler Angela Merkel.

Em uma foto em preto e branco, o visitante pode ver Adolf Hitler saudando a multidão da janela da chancelaria, no final da tarde de 30 de janeiro de 1933. Naquele dia, o líder do Partido Nacional Socialista Operário Alemão havia sido nomeado chanceler e encarregado de formar um novo governo pelo na época presidente Paul von Hindenburg.

Esta cerimônia é um dos documentos exibidos na exposição “Berlim 1933, o caminho da ditadura”, inaugurada por Angela Merkel.

Em um local carregado de história, a antiga sede da Gestapo – polícia secreta da Alemanha nazista-, hoje transformada em um centro de documentação ao ar livre, a exposição percorre, com fotos, primeiras páginas de jornais e cartazes, os primeiros meses do ditador nazista no poder.

“Chegou a hora! Estamos na Wilhelmstrasse (sede da chancelaria na época), Hitler é chanceler do Reich. É como um conto de fadas!”, escreveu Joseph Goebbels, futuro chefe da propaganda nazista, em seu diário, no dia 31 de janeiro de 1933.

Os painéis seguintes mostram imagens do incêndio no Reichstag (parlamento), em 27 de fevereiro, e das primeiras medidas contra os judeus, em 1º de abril, com o início do boicote às lojas, médicos e advogados judeus. “Alemães, defendam-se! Não comprem dos judeus”, proclama um cartaz.

O diretor do centro de documentação ao ar livre Topografia do Terror, Andreas Nachama, ressalta que o acesso à chancelaria do frustrado pintor austríaco representou “um corte” na história. No entanto, naquele momento, ninguém acreditava que aquele agitador de baixa estatura ia durar.

O sistema parlamentar da República de Weimar não conseguia obter uma maioria estável, e Hitler, com seu discurso simplista, conseguiu ser seguido por milhões de desempregados e pequenos comerciantes arruinados pela crise econômica.

A exposição mostra “a erosão diária das instituições democráticas” nos primeiros meses da catástrofe nazista, que ia devastar Europa, matando entre 40 e 60 milhões de pessoas, entre elas seis milhões de judeus assassinados, disse Nachama.

O 80º aniversário da chegada de Hitler à chancelaria é objeto de grande interesse, enquanto o “Führer” continua sendo uma figura onipresente na Alemanha.

Outra exposição, “Berlim e os nazistas”, será inaugurada na quinta no Museu de História Alemã: um percurso temático que permitirá percorrer Berlim pelos lugares simbólicos do Terceiro Reich.

Angela Merkel, nascida depois da guerra, insiste na “responsabilidade permanente” da Alemanha pelos crimes nazistas, em particular pelo Holocausto, em um vídeo divulgado no sábado na internet.

“Enfrentamos nossa história, não escondemos nada, não reprimimos nada. Devemos enfrentá-la para termos a certeza de que será no futuro uma boa sócia, digna de confiança”, declara a chanceler, que cresceu na RDA, a Alemanha Oriental, um Estado socialista que se definia como antifascista.

Além disso, a Alemanha planeja, pela primeira vez desde 1945, voltar a editar, em dois anos, “Minha Luta”, a obra ideológica escrita por Hitler em 1924.

Em 2011, a exposição “Hitler e os alemães” registrou um recorde de público. E, atualmente, um romance que imagina a volta de Hitler a Berlim, em 2011, é um dos campeões de venda.

Algo impensável há dez anos, Hitler também é resgatado por humoristas e artistas. Mas alguns, como a revista Stern, denunciam a “máquina para comercializar Hitler, que rompe todos os tabus para ganhar dinheiro.”

Hawking cancela viagem por motivo de saúde e causa temor

Nascido na cidade inglesa de Oxford em 8 de janeiro de 1942, Stephen Hawking sofre de esclerose lateral amiotrófica Foto: Divulgação / AFP

Nascido na cidade inglesa de Oxford em 8 de janeiro de 1942, Stephen Hawking sofre de esclerose lateral amiotrófica
Foto: Divulgação / AFP


O astrofísico Stephen Hawking, 71 anos, causou temor sobre sua saúde após cancelar uma viagem para o Equador. O cosmólogo avisou às autoridades que não poderia proferir uma palestra na cidade de Guayaquil devido a problemas médicos. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

No ano passado, Hawking perdeu duas festas em homenagem ao seu aniversário de 70 anos devido a problemas de saúde. Um porta-voz anunciou o cancelamento da palestra na noite de terça-feira e disse que foi devido a uma recomendação médica, mas insistiu que não é nada sério e que a visita deve ocorrer em um “futuro próximo”.

O vice-presidente equatoriano, Lenin Moreno, que fez o convite a Hawking, desejou melhoras ao cientista. Famoso por seus livros para o público leigo, por participações em eventos (como a abertura da Paralimpíada de 2012) e programas de TV (como Os Simpsons e Jornada nas Estrelas: A Nova Geração) e por suas teorias científicas, o astrofísico britânico sofre desde os 21 anos de esclerose lateral amiotrófica, doença que lhe tirou o movimento do corpo.

Apple lança iPad com 128 GB de memória por US$ 799; vendas dia 5

Novo iPad também é um modelo com a tecnologia retina, mas com o dobro do armazenamento Foto: Apple / Divulgação

Novo iPad também é um modelo com a tecnologia retina, mas com o dobro do armazenamento
Foto: Apple / Divulgação


A Apple anunciou, nos Estados Unidos, um novo iPad com 128 GB de armazenamento. As vendas se iniciam no dia 5 de fevereiro, segundo divulgado pela empresa. O preço, nos EUA, é de US$ 799, para o modelo de entrada (só com Wi-FI) e de US$ 929 (com conexão móvel, além do Wi-Fi). Os preços são US$ 100 acima do atual modelo de 64 GB, o com a maior capacidade de armazenamento até então.

Infográfico: Versão a versão, veja a evolução do iPad
Infográfico: Os tablets mini: compare modelos disponíveis no mercado

Os modelos serão vendidos nas cores preto e branco. Não foram dadas informações sobre a disponibilidade do modelo em outros países.

“Com mais de 120 milhões de iPads vendidos, é claro que os consumidores ao redor do mundo amam seus iPads e todos os dias eles encontram grandes motivos para usar seus iPads em vez dos seus PCs,” disse Philip Schiller, vice-presidente senior de marketing da Apple.

Boatos sobre o lançamento de um novo iPad, com 128 GB de memória, já circulavam pela internet. O site 9to5Mac levantou a possibilidade nessa segunda-feira, citando fontes próximas ao assunto.

A quarta geração do iPad, que está sendo atualizada com o novo modelo, chegou oficialmente ao Brasil no final de dezembro sem alarde, festa de lançamento ou filas nas lojas. O aparelho foi lançado a um preço mais alto do que quando a terceira geração chegou ao País, em maio.

A nova versão do iPad é vendida na loja online da Apple e de outros varejistas a partir de R$ 1.749 no modelo mais básico, com armazenamento de 16 GB e conexão Wi-Fi, contra R$ 1.549 da versão anterior com mesma configuração. O modelo mais caro, que reúne conectividade Wi-Fi e 4G e armazenamento de 64 GB, chega por R$ 2.499. O aparelho mais caro da terceira geração era vendido a R$ 2.299.

Apesar da terceira geração do aparelho ter saído de linha com a chegada dos novos modelos, o iPad 2 continua sendo vendido. O aparelho também teve aumento de preço nesya sexta-feira, passando de R$ 1.299 para R$ 1.349 na versão com Wi-Fi e 16 GB. A versão com Wi-Fi e 3G passou a custar R$ 1.649.

A Anatel homologou o iPad mini e a quarta geração do iPad 4 no Brasil no fim de novembro, liberando a venda desses equipamentos da Apple no País. O iPad 4 conta com o novo processador A6X, FaceTime HD 720p e possibilidade de se conectar à internet através de Wi-Fi e 4G LTE.

O modelo de 128 GB, no entanto, apesar de atualizar, em princípio, apenas a memória, sem alterar o hardware que responde pelas telecomunicações, deverá passar pelos mesmos trâmites de homologação junto à agência, segundo informado pela assessoria de imprensa da Anatel.

Lançado mundialmente em 23 de outubro, junto com o iPad mini o iPad de quarta geração foi homologado pela Anatel no final de novembro, levando cerca de dois meses entre o anúncio e as vendas no País.