Curiosidade do Dia

Por que as frutas escurecem depois de cortadas?

Quando o oxigênio entra em contato com essas frutas ele reage com uma substância delas e as escurece, ou oxida como dizem os químicos. Mas isso não quer dizer que as frutas estragaram.

Para retardar essa oxidação, quando cortar ou descascar essas frutas você pode regá-las com limão. O ácido do limão ou da laranja podem fazer com que as frutas demorem a ficar escuras porque o ácido é um anti-oxidante.

Anúncios

Os Vingadores bate recordes e abre com sucesso no mercado internacional

Filme abre com a terceira melhor bilheteria para uma sexta-feira no Brasil

Érico Borgo – Omelete
.
..

vingadores

Ainda falta uma semana para o lançamento de Os Vingadores nos cinemas dos EUA, o principal mercado em receita para a indústria do cinema. Mas, enquanto isso, a reunião dos heróis Marvel nas telonas já abriu em 39 territórios internacionais, gerando nada menos que US$ 178 milhões em apenas cinco dias. Esses países correspondem a 70% dos territórios previstos para o lançamento.

Na América Latina, o filme representou a melhor abertura para a história da Disney. No Brasil, Os Vingadores já fez US$ 2,8 milhões em três dias (estimativa de sexta a domingo) – sendo que a arrecadação de sexta-feira, catapultada pelas pré-vendas, foi a terceira melhor de todos os tempos por aqui.

Na trama, quando surge um inesperado inimigo que ameaça a segurança global, Nick Fury se vê na necessidade de organizar um time para evitar o desastre mundial, reunindo Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Hulk e os agentes da SHIELD Gavião Arqueiro e Viúva Negra. Acompanhe a cobertura do Omelete nos links abaixo:

Comer morangos pode evitar o envelhecimento do cérebro

O segredo para evitar o envelhecimento do cérebro pode estar no consumo de morangos, amoras e mirtilos. Foto: Getty Images

O segredo para evitar o envelhecimento do cérebro pode estar no consumo de morangos, amoras e mirtilos
Foto: Getty Images


A longevidade talvez seja um dos maiores desejos da humanidade. Porém, segundo a matéria publicada no jornal britânico Daily Mail, o segredo para evitar o envelhecimento do cérebro, por exemplo, pode estar no consumo de morangos, amoras e mirtilos. Eles descobriram que o envelhecimento do cérebro poderia ser adiado por até dois anos e meio em mulheres idosas que consomem regularmente as frutas.

As descobertas vêm de um estudo em curso de enfermeiros que envolve apenas mulheres, mas pode também se aplicam aos homens. Especialistas acreditam que os benefícios acontecem porque estes alimentos possuem teor elevado de flavonóides, compostos de antioxidantes encontrados em plantas que podem proteger contra uma ampla gama de doenças.

A equipe de pesquisa dos EUA usou dados do Estudo da Saúde das Enfermeiras, envolvendo 121.700 pacientes do sexo feminino, entre as idades de 30 e 55, que completaram questionários de saúde e estilo de vida desde 1976. “Os antioxidantes ajudam a neutralizar os radicais livres e promove um envelhecimento melhor”, explicou o Dr. Elizabeth Devore com Brigham e do Hospital da Mulher e da Harvard Medical School, em Boston, Massachusetts.

Funcionários de mercado filmam decote de clientes e são denunciados

Fachada de um supermercado Aldi em Frankfurt (Foto: Reprodução/Der Spiegel)Fachada de um supermercado Aldi em Frankfurt
(Foto: Reprodução/Der Spiegel)

Funcionários da cadeia alemã de supermercados Aldi gravavam sistematicamente imagens de vídeo de clientes com saias curtas ou decotes generosos, segundo revelou a revista “Der Spiegel” no sábado (28).

A publicação acrescentou que os encarregados dessas lojas posicionavam as câmeras de controle remoto com o uso do zoom quando essas clientes se inclinavam ou se agachavam para pegar algum produto.

Os chefes dessas lojas, que controlam as câmaras de segurança, gravavam em CDs as imagens, que depois eram trocadas entre colegas de cidades como Frankfurt, Duisburg e outras do estado de Hesse, no centro do país.

Em uma resposta por escrito às perguntas da revista, a direção da cadeia de supermercados assinala que “não se pode descartar o comportamento errôneo de algum empregado isolado”.

“No caso de haver conhecimento por parte da direção de algum abuso, este será investigado imediatamente, proibido e terá as adequadas consequências disciplinares”, conclui a nota.

Mulher paralisada completa um terço de maratona com “calça robótica”


Uma ex-amazona que perdeu o movimento das pernas após um acidente com um cavalo há cinco anos completou neste domingo o primeiro terço da Maratona de Londres após caminhar por uma semana com a ajuda de “calças robóticas”.

Claire Lomas, 32 anos, começou a testar o equipamento especial, chamado ReWalk, há apenas quatro meses, e até algumas semanas atrás conseguia dar apenas 30 passos de cada vez.

Mas com um progresso rápido, ela espera terminar em mais duas semanas o percurso de 42 km da maratona, concluído em pouco mais de duas horas pelos competidores de ponta no domingo passado.

Durante uma competição em maio de 2007, o cavalo que Lomas montava colidiu com uma árvore, deixando-a com fraturas em seu pescoço, na coluna e nas costelas.

A fratura na coluna a deixou sem movimentos nas pernas, e os médicos a alertaram que ela nunca mais poderia andar e passaria o resto da vida em uma cadeira de rodas. Mas ela não se deixou abater e diz fazer o possível para recuperar a independência.

“Calças trocadas”

O equipamento utilizado por Lomas, comparado por ela às “Calças Trocadas” usadas pelo personagem da série Wallace & Gromit na animação de mesmo nome, custou 43 mil libras (cerca de R$ 132 mil), pagas com a ajuda da família e de amigos.

Ela afirma, porém, que o uso de seu equipamento não é tão simples como o usado por Wallace no desenho animado. “Não sentir meu corpo torna tudo mais difícil. Não sei o que meus pés estão fazendo”, disse ela à BBC.

Lomas depende de sensores de movimento para ajudá-la a movimentar e levantar as pernas. Segundo ela, uma das partes mais difíceis foi reaprender a se apoiar novamente sobre os dois pés. “No começo tinha que redescobrir meu balanço”, diz.

Ela está aproveitando sua participação na Maratona de Londres para pedir doações para a organização de pesquisas sobre paralisia Spinal Research. Até a tarde deste domingo, ela já havia arrecadado 42,3 mil libras (R$ 130 mil).

“Há muita gente que está em uma situação pior do que a minha e não tem o apoio que eu tive, então quero arrecadar o máximo de doações possível para ajudá-las”, disse.

Mulher vira cobaia e se submete a testes feitos em animais

Mulher virou cobaia para mostrar como animais são tratados em testes. Foto: Daily Mail/Reprodução

Mulher virou cobaia para mostrar como animais são tratados em testes
Foto: Daily Mail/Reprodução


Em defesa dos animais, a estudante Jacqueline Traide, inglesa de 24 anos, tentou sensibilizar as pessoas de uma maneira diferente. Durante 10 horas, ela ficou em uma vitrine de uma loja de cosméticos na rua Regent, em Londres, como cobaia para testes geralmente realizados em animais, com o intuito de mostrar o sofrimento pelo qual passam. As informações são do site do jornal Daily Mail.

Enquanto Jacqueline era arrastada por uma corda no pescoço, tinha dois grampos de metal fixados em elásticos na cabeça abrindo sua boca e era alimentada de forma forçada, as pessoas que passavam pela rua podiam observá-la.

A iniciativa de Jacqueline foi apoiada pela Lush, a loja de cosméticos que ofereceu o espaço, e pela Sociedade Humana Internacional, lançando assim uma campanha mundial contra testes em animais em laboratórios. Um abaixo-assinado foi colocado no local para que as pessoas que assistissem à sessão pudessem assinar.

Ao final dos testes, Jacqueline, com dores reais, voltou para casa, revoltada com o fato de que, provavelmente, animais submetidos aos mesmos testes estariam mortos após 10 horas.

No Reino Unido, é permitida a venda de cosméticos testados em animais em outros lugares do mundo, como nos Estados Unidos, por exemplo. Na China, os testes em animais são obrigatórios. A Comunidade Europeia proibiu as experiências em bichos em 2009.