Curiosidade do Dia

Se a galinha tem asa, por que não consegue voar?

Na verdade, a galinha voa, mas seus vôos são rasantes e curtos, atingindo cerca de 10 metros. Durante a evolução da espécie, a galinha foi domesticada e perdeu a necessidade de voar para fugir de predadores; ficar no solo era seguro para essa ave.

Assim, ela também não tem muito desenvolvidos os ossos pneumáticos, os sacos aéreos e a musculatura peitoral e das asas, que auxiliam nos vôos das aves migratórias, por exemplo.

Prometheus | Trailer enfim está na rede com qualidade – assista!

“A busca pela nossa origem pode levar ao nosso fim”

Marcelo Forlani – Omelete
.
..

[Atualizado] Depois da versão gravada no cinema e das prévias, agora o trailer de Prometheus, filme que marca a volta de Ridley Scott ao universo de Alien, enfim chega à rede com qualidade.

Em um minuto, somos apresentados aos personagens principais e aos grandiosos cenários do prelúdio, enquanto as letras de “prometheus” se formam aos poucos na tela como no trailer de Alien – O Oitavo Passageiro. Veja:

[Fim da atualização]

Na trama, que envolve o mistério da origem da humanidade na Terra, uma equipe de cientistas e exploradores faz uma jornada aos confins do universo que testará seus limites físicos e mentais. Lá, eles deverão encarar uma batalha em nome do futuro da raça humana. Recentemente, Ridley Scott afirmou que Prometheus termina relativamente perto dos eventos do início de Alien – O Oitavo Passageiro.

Prometheus estreia em 8 de junho de 2012. Saiba como foi o painel na Comic-Con.

Leia mais sobre Prometheus.

Digestão: veja quais alimentos ajudam ou atrapalham o processo

 

Alguns alimentos, embora saudáveis, podem atrapalhar o processo digestido quando consumidos em excesso. Foto: Getty Images

Alguns alimentos, embora saudáveis, podem atrapalhar o processo digestido quando consumidos em excesso
Foto: Getty Images

Na teoria, deveríamos estar aptos a digerir qualquer tipo de comida. No entanto, algumas mudanças no processamento e no preparo de alguns alimentos, como a fritura, por exemplo, além do estilo de vida sedentário, faz com que o estômago não reaja bem a tudo o que consumimos.

A melhor coisa a ser feita é evitar alguns tipos de comida, como as carnes muito gordas. Mas, para driblar problemas ou incômodos, acompanhe um guia feito pelo site do jornal Huffington Post, que indica o que é bom e o que é ruim para o funcionamento do processo digestivo.

Frituras: comidas fritas e gordurosas sobrecarregam o estômago e resultam em azia e refluxo ácido. Alimentos ricos em gordura também podem causar um fenômeno chamado esteatorreia, que é o excesso de gordura nas fezes. Pessoas com a síndrome do intestino irritável devem ficar longe destas opções, incluindo manteiga e cremes.

Pimenta: a pimenta pode diminuir a pressão do músculo na parte inferior do esôfago, permitindo que o ácido do estômago volte para o esôfago. Como resultado, você pode sentir azia, provocada pelo refluxo ácido. Este é um problema particularmente sério para quem sofre de azia crônica.

Leite e derivados: o cálcio é importante na dieta diária, e é fácil suprir as doses recomendadas por meio de derivados como queijo e iogurte. Porém, para quem tem intolerância à lactose pode ter sintomas como diarreia, gases, inchaço abdominal e cólicas.

Álcool: o álcool relaxa o corpo, mas também relaxa o esfíncter esofágico, o que pode causar azia e refluxo. O ato de beber também pode inflamar o revestimento do estômago, prejudicando algumas enzimas e impedindo que nutrientes sejam absorvidos. Os excessos também podem causar diarreia e cólica, mas a menos que você tenha alguma desordem gastrointestinal, doses moderadas de álcool não irritarão o sistema digestivo. As recomendações são de dois drinques diários para os homens – no máximo – e um para as mulheres.

Frutas vermelhas: as frutas vermelhas como amoras e framboesas fazem bem à saúde, mas algumas delas podem representar um problema para pessoas que têm diverticulite, inflamação geralmente encontrada no intestino grosso. Embora ainda não existam comprovações científicas, alguns indícios apontam para esta reação. Para quem tem o problema, vale observar se a semente dessas frutas, bem como as de girassol ou de abóbora, tem irritado o intestino. Se sim, fique longe delas.

Chocolate: um estudo do ano de 2005 sugere que o chocolate pode ser problema para quem tem a síndrome do intestino irritável ou constipação crônica. No entanto, os especialistas indicam que nem sempre o chocolate é o vilão por si só. Para quem é alérgico a leite, por exemplo, pode ter problemas devido ao leite contido no chocolate. A cafeína, também encontrada neste tipo de alimento, pode estimular a cólica, o inchaço e a diarreia.

Milho: o milho é rico em fibras, mas também contém celulose, um tipo de fibra que o organismo humano não consegue quebrar facilmente, por isso, pode ser um pouco indigesto.

Iogurte: o iogurte contém bactérias saudáveis que repõem a flora intestinal e é um alimento que auxilia no processo digestivo.

Kimchi: o prato tradicional da Coréia é feito com repolho, rabanete ou cebola, com muita pimenta. Os ingredientes principais deste prato promovem o crescimento de bactérias saudáveis. O repolho é um tipo de fibra que não é digerida, por isso por isso ajuda a eliminar resíduos, mantendo os movimentos intestinais regulares.

Carnes e peixes magros:se você for comer carne, escolha frango, peixe ou carnes magras, que são digeridos muito mais facilmente do que um bife suculento. A carne vermelha é mais gordurosa, e, em contrapartida, as carnes magras não aumentam o risco de câncer de cólon.

Grãos integrais: alimentos integrais são boas fontes de fibras, que ajudam a digestão. Eles também ajudam a baixar os níveis de colesterol, mas podem causar inchaço, gases e outros problemas em pessoas que rapidamente aumentam seu consumo. Também não são indicados para pessoas que têm intolerância a glúten.

Bananas: a banana auxilia na restauração da função normal do intestino, especialmente quem tem diarreia. Ela também contribui com muitas fibras para o processo digestivo, além de trazer potássio ao organismo.

Gengibre: pode ser usado para aliviar sintomas como náusea, vômito, enjôos matinais, gazes, perda de apetite e cólicas. No entanto, deve ser consumido com moderação, pois o consumo maior do que quatro gramas por dia pode trazer azia.

Café e chá: bebidas como café e chá relaxam o esôfago, que mantém o ácido estomacal confinado no estômago. Eles também atuam como diuréticos e podem causar diarreia e cólicas. As bebidas que contém cafeína podem ser um problema especialmente para quem tem doença de refluxo gastroesofágico.

Sindicatos anunciam suspensão de greves em aeroportos

O Sindicato dos Aeroviários do Estado de São Paulo decidiu nesta quinta-feira, depois de uma nova tentativa fracassada de acordo com as empresas aéreas, suspender a greve marcada para os últimos dias de dezembro. Os líderes da entidade, que representa os trabalhadores de todos os aeroportos do Estado (menos de Guarulhos, na Grande São Paulo), foram hoje a uma audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da capital paulista para negociar.

Conheça seus direitos como passageiro

De acordo com o presidente do sindicato, Reginaldo Alves de Souza, a reunião no TRT não teve acordo. “O desembargador propôs um reajuste de 7,5%, mas as empresas aéreas mantiveram a proposta de 6,5%. Como a reunião só terminou agora (16h30), não há tempo de mobilizarmos a categoria para uma decisão ainda hoje”, disse. A entidade também cancelou a assembleia marcada para 17h desta quinta-feira.

Souza criticou uma decisão do Tribunal Superior do Trabalho, que exigiu um mínimo de 80% da categoria trabalhando durante a paralisação, sob pena de multa diária de R$ 100 mil ao sindicato. “Não dá pra fazer greve desse jeito. Tolheram o nosso direito de greve.”

Segundo o presidente da entidade, qualquer paralisação está suspensa até a semana que vem, entre o Natal e o Ano-Novo, quando haverá uma nova discussão. “Vamos rediscutir o movimento para fazermos nova movimentação na próxima semana”, disse Souza.

Aeronautas
O Sindicato Nacional dos Aeronautas (funcionários que trabalham em voo) anunciou na tarde desta quinta-feira que também vai suspender qualquer paralisação. A greve da categoria estava programada para começar hoje, às 23h. De acordo com o secretário geral do sindicato, Sérgio Dias, a categoria decidiu aceitar a proposta das companhias aéreas em assembleias feitas em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belém, e não será realizado movimento grevista em nenhum aeroporto do Brasil.

“Nós aceitamos a proposta após as conversas e o que eu posso dizer é que não vamos fazer paralisações nestas semanas de final de ano”, disse o secretário geral.

FOTO: Para um gramado melhor

Procedimento que melhora o gramado foi realizado ontem a tarde no estádio Bento Freitas

Imagem01Foi realizado na Baixada, anteontem a tarde, o procedimento que ocasiona a descompactação do solo gerando aeração da terra, que deixa o gramado mais macio, melhorando a raiz da grama. Foto: Carlos Insaurriaga

Google paga US$ 900 mi para ser buscador padrão do Firefox

Firefox é o navegador gratuito desenvolvido pela Fundação Mozilla. Foto: AFP

Firefox é o navegador gratuito desenvolvido pela Fundação Mozilla
Foto: AFP

O Google pagará, pelos próximos três anos, cerca de US$ 900 milhões à Fundação Mozilla para ser o buscador padrão do Firefox pelos próximos três anos, de acordo com fontes ouvidas pelo site americano All Things Digital. O acordo entre a gigante das buscas e a fundação foi anunciado na terça-feira, mas sem maiores detalhes sobre a parceria. O Google deve pagar cerca de US$ 300 milhões por ano para continuar sendo o motor de busca padrão no navegador.

Segundo o site americano, o valor pago pelo Google deu um grande salto do antigo acordo para o atual, já que Yahoo! e Microsoft estavam tentando fechar parceria com a Mozilla. “A Mozilla tem sido um parceiro valioso para o Google ao longo dos anos e esperamos dar continuidade a esta grande parceria nos anos que estão por vir”, disse Alan Eustace, vice-presidente sênior de pesquisa do Google. De acordo com informações divulgadas no início do mês, 84% da receita da Mozilla era gerada a partir da parceria com o Gogole e seu sistema de busca inserido no Firefox.