Curiosidade do Dia

A atriz Cameron Diaz está fazendo aniversário. Ela começou a trabalhar como modelo aos 16. Numa festa em Hollywood, foi abordada por um homem que lhe ofereceu torná-la famosa.

Ele era Jeff Dunas, fotógrafo renomado, e conseguiu para ela um contrato com a agência Elite.

Como modelo, Cameron morou no Japão, Austrália, México, Marrocos e França. Voltou à Califórnia aos 21 anos de idade.

Apollo 18 | Assista ao trailer final

Filme estreia sexta-feira mundialmente

Érico Borgo – Omelete

Apollo 18 (Apollo 18), suspense de ficção científica que estreia sexta-feira no Brasil (simultaneamente aos EUA), ganhou seu trailer final. Assista abaixo:

O filme explora as teorias da conspiração sobre a missão espacial Apollo 18, cancelada na década de 1970 pela NASA. A trama revelará que a missão existiu – e depois dela nem EUA nem União Soviética ousaram pisar na Lua de novo.

O russo Timur Bekmambetov produziu para a Weinstein Company o filme a toque de caixa, que o madrilenho Gonzalo Lopez-Gallego (El Rey de la Montaña) dirigiu.

O roteiro é de Brian Miller, que venceu um concurso promovido por Bekmambetov.

Estudo: filmes de comédia fazem bem e os de terror fazem mal

Casal assistindo TV e comendo pipoca. Foto: Getty Images

Estresse está ligado aos vasos sanguíneos
Foto: Getty Images

Assistir a filmes que fazem rir é bom para a saúde, de acordo com estudo americano. Pesquisas descobriram que programas de TV que produzem o riso têm efeito positivo na função vascular. Já os filmes de guerra e terror causam estresse mental. As informações são do Daily Mail.

No estudo, voluntários assistiram comédias em um dia e, no outro, filmes de ação. O pesquisador Michael Miller, da Escola de Medicina da Universidade de Maryland, disse que quando os voluntários assistiram a um filme de violência, o revestimento dos vasos sanguíneos teve uma reação que diminuiu o fluxo sanguíneo. Segundo ele, a descoberta confirma a teoria de estudos anteriores, que sugerem a existência de uma ligação entre estresse mental e vasos sanguíneos.

Por outro lado, após assistir a comédia, os vasos sanguíneos se expandiram. Foram feitas mais de 300 medições que apresentaram diferença de 30% para 50% no diâmetro dos vasos entre o riso e as fases de estresse mental.

Jovem baixa calção e mostra ‘frente e verso’ durante programa ao vivo

O repórter Eric Fisher, da “Weather Channel”, apresentava no último sábado (27) uma reportagem sobre o furação Irene em Virginia Beach, no estado americano da Virgínia, quando um jovem surgiu atrás dele, baixou o calção e deixou as nádegas e a genitália à mostra. O vídeo com a cena inusitada foi publicada no site YouTube.

jovem baixou o calção e deixou as nádegas e a genitália à mostra. (Foto: Reprodução)
Jovem baixou o calção e deixou as nádegas e a genitália à mostra. (Foto: Reprodução)
Caso ocorreu no sábado em Virginia Beach. (Foto: Reprodução)
Caso ocorreu no sábado em Virginia Beach. (Foto: Reprodução)

Reunião define segurança do clássico Bra-Pel

Reunião definiu uma série de medidas para o clássico

O primeiro assunto da semana do clássico Bra-Pel 348, válido pela Copa Laci Ughini, foi pautado na segurança do jogo. A reunião ocorreu na sede do 4º BPM, com as presenças do major Sílvio Cardoso Gomes e do capitão Rodrigo Bastos Alves, que deverá comandar a segurança da partida que não ocorre há cinco anos na cidade.

Com a observação principal para prevenir atitudes desagradáveis, como as ameaças em redes sociais – como já foi detectado pelo Serviço de Informações da Brigada Militar -, preocupantes, entre as torcidas organizadas.

Horário
O jogo está marcado para domingo, dia 4, às 16h, mas o presidente André pediu como prazo final para comunicado a data oficial na quarta, até as 18h, devido às condições climáticas do final de semana.

Pela Federação Gaúcha de Futebol não há problema sobre mudanças. Tudo pode ocorrer com bom senso e em comum acordo com os dois clubes, como foi em relação à escolha da arbitragem, realizada nesta segunda pela manhã, disse o presidente Francisco Novelletto Neto. O pelotense Jean Pierri Lima, profissional destacado nos últimos anos pela Federação e na CBF, vai apitar a partida.

Ingressos na Avenida
Entre as decisões antecipadas, André Araujo confirmou a venda de ingressos para os torcedores do Pelotas, no estádio da Boca do Lobo. A ideia é iniciar na terça, com um primeiro lote de 1,5 mil. Até quinta será feito o acompanhamento das vendas e, se forem necessários mais ingressos, a direção do rubro-negro vai liberar até 3,5 mil, com maior espaço ao Lobão.

A entrada e a saída para os torcedores do Pelotas será pela a avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira (portão 7). Para o Brasil, ficam os portões 1, 2 e 3 (geral) e acesso pela rampa para proprietários de cadeiras cativas e para profissionais de imprensa. Pelos portões 5 e 6 entram os sócios – por catracas eletrônicas -, os demais serão com mecânicas.

Torcida entra e sai junto
Outra deliberação já confirmada pela BM é quanto à saída dos torcedores identificados do Pelotas. Eles devem sair em horário determinado pelo Comando da BM do estádio da Boca do Lobo até a Baixada e, na volta do jogo, com o mesmo sistema. Os demais entram quando acharem necessário. Sair e voltar ao estádio é um critério do clube e não da Brigada Militar. O capitão Rodrigo Bastos Alves alerta que neste dia é necessário que os torcedores tenham paciência com o direito de ir e vir, pois passa a ser um motivo coletivo e não individual.

Descoberta sobre grafeno pode criar internet ultrarrápida

Baterias melhores tornaram-se uma nova utilidade para o grafeno. Foto: TecMundo / AlexanderAIUS/Reprodução

Material rendeu o prêmio Nobel de Física de 2010 a pesquisadores
Foto: TecMundo / AlexanderAIUS/Reprodução

Cientistas britânicos desenvolveram uma maneira de usar o grafeno, o material mais fino do mundo, para capturar e converter mais luz do que era possível anteriormente, o que abre caminho a avanços na internet de alta velocidade e outras formas ópticas de comunicação.

Em um estudo publicado pela revista Nature Communication, a equipe, que inclui Andre Geim e Kostya Novoselov, cientistas premiados com o Nobel no ano passado, descobriu que, ao combinar grafeno e nanoestruturas metálicas, o volume de luz que o grafeno é capaz de absorver e converter em energia elétrica aumentava em 20 vezes.

O grafeno é uma forma de carbono com espessura de apenas um átomo, e ainda assim cem vezes mais forte que o aço. “Muitas das maiores companhias de eletrônica estão considerando o grafeno para sua próxima geração de aparelhos. Esse trabalho reforça as chances do grafeno ainda mais”, disse Novoselov, cientista russo que, com Geim, conquistou em 2010 o Nobel de Física por suas pesquisas sobre o grafeno.

Trabalhos anteriores tinham demonstrado que é possível gerar energia elétrica ao instalar duas estruturas metálicas de entrelaçamento fino sobre uma base de grafeno, e fazer com que todo o aparato receba luz, convertendo-o na prática em uma célula solar simples.

Os pesquisadores explicaram que, devido à mobilidade e velocidade especialmente elevada dos elétrons no grafeno, essas células produzidas com o material podem atingir velocidades incrivelmente rápidas, dezenas ou potencialmente centenas de vezes mais rápidas que as oferecidas pelos cabos de internet mais velozes hoje em uso.

O principal obstáculo a aplicações práticas até o momento vinha sendo a baixa eficiência das células, segundo os pesquisadores. O problema é que o grafeno absorve pouca luz – apenas cerca de 3%; o restante passa pelo material sem contribuir para a geração de energia.

Em uma colaboração entre as universidades de Manchester e Cambridge, a equipe de Novoselov constatou que o problema poderia ser resolvido por uma combinação entre grafeno e as minúsculas estruturas metálicas conhecidas como nanoestruturas plasmônicas, dispostas em padrão especial por sobre o grafeno.

Essa disposição permitiu que o desempenho de absorção de luz do grafeno melhorasse em 20 vezes, sem sacrifício de velocidade, a equipe afirmou no estudo. A eficiência pode ser ainda mais melhorada no futuro, afirmaram.